Prefeitura de Maricá inicia entrega dos cartões do programa Mumbuca Transporte

A retirada acontece nos terminais rodoviários do Centro e de Itaipuaçu

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Transportes, iniciou nesta quarta-feira (30/11) a distribuição dos cartões do programa Mumbuca Transporte para todos os moradores com idades entre 25 e 35 anos nos terminais rodoviários do Centro e de Itaipuaçu. O programa amplia o alcance da “tarifa zero” na cidade permitindo a realização de mais de mais de 355 mil viagens gratuitas mensais à população nas 15 linhas de vans do município. Cada beneficiário terá acesso a 60 passagens mensais por meio de cartões Riocard Mais.

Vanessa Souza e Rafaela Arruda estavam entre as pessoas que compareceram ao Terminal Rodoviário do Povo, no Centro, para retirar seus cartões. Moradoras de pontos opostos da cidade, tinham o mesmo objetivo quando buscaram o benefício: usar para trabalhar. “As vans são como um auxílio para os vermelhinhos, então é muito importante a gente também ter essa oportunidade de ser graça. Eu vou usar mesmo para trabalhar”, disse Vanessa, que reside em Ponta Negra.

“Eu fiz o cadastro porque acredito que vai ser mais fácil e rápido chegar ao trabalho. Eu utilizo o vermelhinho de segunda a sábado para vir ao Centro, então vai facilitar muito para mim que poderei usar nas vans todos os dias”, contou Rafaela, moradora de Inoã, que utiliza o carro da família, aos domingos, para passear pela cidade com o marido.

O cadastramento no Mumbuca Transporte continua

Com o início da entrega dos cartões, foi aberto também o cadastramento de moradores que ainda não conseguiram se inscrever anteriormente. Para Fernando Calvano, 55 anos, que mora em Ponta Negra, andar de van é muito mais rápido. E o programa vai facilitar muito a sua vida. “Minha intenção, inicialmente, é usar o cartão para o trabalho. Eu morava no Rio, mas comprei uma casa aqui em Maricá, recentemente, então, estou me estabilizando, procurando emprego. Tenho certeza que ter esse cartão, para mim, vai ser muito útil, além de ser uma economia boa”, declarou.

Jéssica Santos, 31 anos, concorda com o vizinho de bairro. “Poder pegar a van vai agilizar a minha vida, pois vou utilizar tanto para trabalhar quanto para passear, pela velocidade do transporte”, contou.

Moradores também comemoram a vitória da categoriaMoradora do Centro, Mikelly Santos, 22 anos, quis fazer o cartão para garantir seu direito e colaborar com as pessoas que trabalham nesse tipo de transporte. “Os motoristas de vans geralmente são do município e transportam os moradores daqui que, normalmente, eles já conhecem. Eu gosto muito do trabalho do pessoal da van, porque eles nos dão atenção e sempre deixam a gente pagar passagem no Pix. Agora a gente vai poder pagar a passagem no cartão mumbuca”, comemorou.

Vitor Pimenta, 20 anos, que mora no Silvado, contou que além de ser um meio de locomoção mais ágil, a van ajuda a gerar lucro local. “Muitas das vezes, as vans facilitam a nossa locomoção dentro da cidade. Maricá é pioneira nessa questão de movimentação de capital local e isso é muito importante para o lucro da nossa cidade”, avaliou.

Linhas de vans que circulam pela cidade
Ao todo, 74 permissionários atuam nas 15 linhas de van.
Centro x Cordeirinho
Centro x Ponta Negra
Centro x Bambuí
Centro x Jaconé
Centro x Ponte Preta (via Caju)
Centro x Barra
Centro x Caxito
Centro x Ubatiba
Centro x São José do Imbassaí
Inoã x Cajueiros
Inoã x M.C.M.V. Itaipuaçu
Inoã x M.C.M.V. Inoã
Inoã x Santa Paula
Inoã x Recanto
Recanto x Serrinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.