Prefeitura de Maricá comemora Semana da Proteção Animal com uma série de ações na cidade

Programação terá palestras, showdog, vacinação, castração, campanha de adoção, concurso de fantasia pet e muito mais  

A Prefeitura de Maricá promove, entre os dias 3 e 8 de outubro, a 1ª Semana da Proteção Animal com uma série de ações voltadas para o bem-estar animal, como vacinação, castração, campanha de adoção, showdog, concurso de fantasia, além de palestras educativas para protetores do município e alunos da rede de ensino. A iniciativa da Coordenadoria Especial de Proteção Animal (Cepa) cumpre a lei municipal nº 3.059, de autoria do vereador Felipe Hadesh, que define a primeira semana de outubro para marcar ações pela causa animal.

A Semana da Proteção Animal tem como objetivo promover a discussão de temas importantes para a causa animal com a população, como campanhas educativas, direitos e necessidades dos animais, as responsabilidades dos proprietários e a importância da vacinação e sobre castrações. De acordo com o coordenador de Proteção Animal, Fabiano Novaes, muitos conteúdos sobre o bem-estar serão tratados no calendário anual do município.

“Preparamos uma semana recheada de serviços e atrações para comemorar a primeira Semana da Proteção Animal. Vamos aproveitar a oportunidade para conscientizar a população sobre a importância de valorizar, discutir e garantir políticas públicas em prol do bem-estar dos animais. Durante as atividades, iremos promover palestras educativas, concurso de fantasia pet  e a formatura da primeira turma do nosso projeto SocializaCão, que ensinou técnicas de convivência para os cães e donos”, disse Novaes.

Programação

A programação começa às 9h de segunda-feira (03/10) com tratamento dos cães da aldeia Mata Verde Bonita (Tekoa Ka’Aguy Ovy Porã), em São José do Imbassaí, em parceria com a ONG Hope. De lá, a equipe  seguirá para o atendimento veterinário de cães de rua em Jaconé. Na terça-feira (04/10), das 10h às 11h, equipe da Cepa promove palestra sobre bem-estar animal e showdog – demonstração de adestramento – para alunos na Escola Municipal Alcebíades Afonso Viana Filho; e das 15 às 16h, na Escola Municipal Caic Elomir Silva, em São José do Imbassaí. Na quarta-feira (05/10), das 10 às 11h, a palestra acontece na Escola Municipalizada de Inoã. Na quinta-feira (06/10) e sexta-feira (07/10), a Cepa reúne os protetores do município no Banco Mumbuca para tratar de castrações e saúde animal.

No sábado (08/10), o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), na Mumbuca, receberá o evento de encerramento da semana com atividades que começam a partir das 8h, como palestras sobre bem-estar animal, campanha de adoção, concurso de fantasia pet e solenidade de formatura da primeira turma do projeto SocializaCão – de orientação a donos e convívio com outros animais -, além da formalização e assinatura do contrato de castração que irá permitir o aumento dos procedimentos do programa de controle reprodutivo na cidade.

Coordenadoria de Proteção Animal

Criada em 2017, a Cepa desenvolve diversas ações e políticas públicas que visam a proteção e o bem-estar dos animais, como o programa de controle reprodutivo e as campanhas de adoção e de conscientização sobre abandono, que acontecem mensalmente, em parceria com protetores, moradores e comerciantes. Com a iniciativa, 530 animais já foram retirados das ruas e adotados em um ano e meio.  Desde 2019, já foram realizadas 5.500 castrações em toda a cidade. A partir de outubro, o número de vagas para este procedimento aumentará 800%, passando de 100 para 800 castrações por mês. A expectativa é que sejam castrados 9.600 animais por ano. Além disso, a Cepa está em processo de credenciamento de clínicas veterinárias para realização de outros procedimentos, com foco na assistência à saúde dos animais de rua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.