Prefeitura de Guapimirim promove evento para comemorar Dia Nacional da Luta Antimanicomial

Na manhã desta última segunda-feira (20), a Prefeitura de Guapimirim, através da Secretaria de Saúde, realizou na Praça da Emancipação, uma ação para comemorar o Dia Nacional da Luta Antimanicomial que aconteceu no último sábado, dia 18.

O evento serviu para conscientizar a população sobre as práticas abusivas, pelas quais os pacientes com transtorno mental eram submetidos anos atrás, e comemorar a conquista da liberdade nos tratamentos, por meio dos Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), residências terapêuticas, leitos para Saúde Mental em hospitais, direito ao convívio social, à cidadania e ao protagonismo.

Segundo Flaviane Babick, coordenadora de Saúde Mental do Município, os pacientes com transtornos mentais não devem ficar trancados. “A nossa proposta é tratar sem trancar, para inseri-los na sociedade, pois também são sujeitos de direitos. No CAPS, nossos assistidos recebem tratamentos multidisciplinares e são estimulados a praticarem diversas atividades para fortalecer o convívio social, por exemplo.” afirmou Flaviane.

Na ocasião, aconteceram também: aula pública de teatro e capoeira com os usuários do CAPS e exposição de trabalhos confeccionados nas oficinas de psicoterapia, além de vacinação contra a Influenza para o grupo prioritário, aferição de pressão arterial e glicose, testes rápidos para DST e orientações de Saúde Bucal.

Sobre a data

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial surgiu como movimento a favor da extinção de manicômios e do uso de práticas humanizadas nos tratamentos dos pacientes com transtornos mentais.
A data foi instaurada, após um Congresso Nacional de Trabalhadores de Saúde Mental, ocorrido em 1987, na cidade de Bauru, em São Paulo, que deu visibilidade ao tema, além de inaugurar uma nova trajetória na proposta de Reforma Psiquiátrica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: