fbpx

Prefeitura de Belford Roxo capacita instrutores para o projeto Espaço Cidadão

A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, em parceria com o Instituto da Criança, realizaram uma capacitação com os cerca de 20 coordenadores dos equipamentos da Assistência Social a fim de mostrar toda a metodologia do projeto Espaço Cidadão, que está há três anos no município. O curso foi dividido em dois encontros, no Previde e no Centro de Especialidades Odontológicas da Prata.

No primeiro ano, as atividades do Espaço Cidadão foram elaboradas dentro dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). No segundo, nas instituições da rede. Já em neste ano, a ideia é mesclar, realizar as atividades nos CRAS e nas instituições. Cerca de 830 pessoas se formaram no projeto no ano passado.

Em seu terceiro ano de parceria com o município de Belford Roxo, o projeto funciona com oito encontros semanais, com duração de duas horas e um tema a ser debatido com os usuários, como: Cidadania; Empreendedorismo e Empregabilidade; Educação Financeira; Eu e a Comunidade; Família e Convivência; Planejamento Familiar e Sexualidade; Saúde e Bem-Estar; Meio Ambiente. Além dos encontros, acontece uma cerimônia de encerramento e ao final do curso, os alunos com frequência elevada recebem o certificado de conclusão tornando-se apto a multiplicar o conhecimento em suas comunidades.  

De acordo com a secretária de Assistência Social e Cidadania, Rosana Moura, o objetivo da capacitação é de que os coordenadores junto com suas equipes de cada equipamento multipliquem informações, através de abordagens estratégicas. “Muitas pessoas não sabem o que é ou para que serve os Cras e os Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social). Esse projeto é uma maneira de mostrar aos munícipes e informá-los sobre os serviços prestados”, concluiu.

Segundo o secretário adjunto de Assistência Social e Cidadania, Diogo Bastos, a busca por parcerias é intensa desde o ano de 2017 para fortalecer o setor. “Um exemplo disso é a parceria com o Instituto da Criança, onde fizemos a reciclagem dos instrutores dos outros anos, que além de ajudarem a esses usuários e famílias, acabam divulgando os equipamentos, resgatando as pessoas para dentro dos Cras, que são as portas de entrada para a assistência”, informou Diogo.  

Agentes multiplicadores

O representante da Instituição da Criança e professor da capacitação, Rodrigo Peçanha da Silva, explicou que grande parte dos coordenadores que participaram da capacitação já foram instrutores. “Esse curso serve para complementar o que eles já sabem e para que se tornem agentes multiplicadores, repassando às famílias todo o conteúdo, informação e metodologia que aprenderam”, concluiu Rodrigo.

A coordenadora do Cras Santa Marta, Daniela Farias, ficou muito contente com a capacitação e afirma que aprender nunca é demais. “Sempre que tem capacitações eu participo. Estou começando esse ano no projeto e minha expectativa está muito grande, pois os encontros tratam de temas cotidianos e nós, como instrutores nos tornamos agentes multiplicadores. E ainda poderemos aprender com as famílias e usuários quando contarem suas experiências”, afirmou Daniela.

A expectativa da coordenadora do Cras Parque Suécia, Taiane Albinante, também é muito boa quanto ao curso, e segundo ela, o capacitador tem uma influência muito grande, pois tem que ter flexibilidade para lidar com públicos diferentes. “Hoje eu sou uma facilitadora. Então, tudo que aprendemos aqui é muito bom, pois compartilhamos com os usuários e com a população em geral”, concluiu.  

O que é o projeto Espaço Cidadão?

O projeto, presente em comunidades em situação de risco social no Rio de Janeiro e São Paulo, é desenvolvido há 14 anos pelo Instituto da Criança e vem mostrando que é possível melhorar significativamente a qualidade de vida de diversas famílias, assistindo jovens e adultos, funcionários de instituições parceiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: