fbpx

Prefeitos do Rio e Itaguaí comandam frente contra instalação de estatal energética em Brasília

Os prefeitos do Rio, Eduardo Paes, e de Itaguaí, Rubem Vieira, encabeçaram a ofensiva do Rio de Janeiro contra a instalação de uma nova estatal energética em Brasília. A dupla convocou senadores, deputados federais e o governador Cláudio Castro para atuar em conjunto e trazer a nova empresa de energia nuclear para o estado.


“Sediar essa nova empresa em Brasília é um absurdo sob qualquer aspecto. Tenho certeza de que nosso governador e os senadores não deixarão esse absurdo prosperar”, disparou Paes em uma rede social, completando. “Inaceitável esse desamor ao Rio”.


O prefeito de Itaguaí engrossou o coro de insatisfeitos logo em seguida. Firmando posição em favor do município, onde atuam a Nuclebras Equipamentos Pesados (Nuclep) e o Programa de Submarinos da Marinha (Prosub). “Itaguaí também não acredita nisso. A sede tem que ser no Estado do Rio. Ter essa nova estatal controladora da Eletronuclear criada pelo governo federal é de suma importância para o Estado do Rio e para Itaguaí. Nossa cidade participa do projeto nuclear brasileiro”, aponta Rubem Vieira.

A dupla já atua para ter um lobby forte em Brasília e demover o governo federal da ideia de instalar a sede administrativa da empresa em Brasília. “Estou começando a achar que temos um governo federal contra o Rio e com uma concepção equivocada de que todo processo de tomada de decisão deve se dar em Brasília. O Rio é, por razões até naturais, a capital da energia do nosso país”, completa Paes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: