Prefeito Neto recebe equipe de Volta Redonda campeã nacional de robótica

Alunos da Escola Sesi conquistaram premiação na categoria Cliff
Hanger, uma espécie de guerra de robôs.

O prefeito de Volta Redonda, Antonio Francisco Neto, recebeu, na tarde
dessa quarta-feira, 23, três estudantes da equipe Space Bots campeã
nacional de robótica da Escola Firjan Sesi do município. Eles
mostraram o troféu conquistado na primeira semana de novembro, no
estado do Maranhão, na categoria Cliff Hanger, uma espécie de ?guerra
de robôs. A vitória na etapa nacional classificou a equipe para o
torneio mundial que será realizado na Alemanha em 2023.

Neto parabenizou os alunos Otávio Quinane, João Vitor de Almeida e
Helena Neves, que estiveram no gabinete, e ainda Thainá Montese, que
também faz parte da equipe, mas não participou da visita ao prefeito.
É um orgulho saber que vocês estão levando o nome de Volta Redonda
para outros estados e até para outro país. Tenho certeza que esta
conquista veio através de muito esforço e treinamento, por isso,
estendo os cumprimentos às técnicas Suellen Guedes e Paula Mendonça?,
falou.

O prefeito ainda aproveitou a presença do presidente da Regional Sul
Fluminense da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de
Janeiro), Henrique Nora Júnior; do coordenador da Firjan Sul
Fluminense, Saulo Franco; da gerente operacional do Senai/Sesi/Volta
Redonda, Cláudia Holzwarth; e da diretora da Escola Sesi, Juliana
Baratieri; para sugerir que Volta Redonda sedie uma etapa de um
torneio nacional de robótica.

?Acho que seria oportuno, já que o município também tem um projeto de
robótica na Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda). A equipe de
Robótica do Colégio João XXIII, por exemplo, participou em outubro
passado da Mostra Nacional de Robótica (MNR), em São Bernardo do
Campo?, lembrou o prefeito Neto.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Sérgio
Sodré, também esteve no gabinete e lembrou que a Escola Sesi é
parceira do ‘Vírgula, Hub de Inovação VR’, que fica no shopping Park
Sul. ?Seria ótimo ter mais essa parceria com a unidade?, disse,
reforçando que Volta Redonda está investindo na cultura da inovação.

A coordenadora do Departamento de Robótica da Escola Firjan Sesi,
Celiza Carvalho, ressaltou que a parceria com o município também
ocorre por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) e Fevre, já
que 84 alunos da rede municipal de ensino participam do projeto de
robótica da escola, no contraturno das aulas. Eles foram
selecionados, por idade, entre estudantes do 6º ano do Ensino
Fundamental e do 1º ano do Ensino Médio?, falou.

Rotina intensa de treinamento

A diretora da Escola Firjan Sesi de Volta Redonda, Juliana Bratieri,
contou que a unidade tem três equipes de robótica e que todos os
alunos participam de todo o processo, desde as pesquisas até a criação
e desenvolvimento dos projetos. Os alunos do Ensino Fundamental e
Médio, que fazem parte dos grupos, têm uma rotina intensa de trabalho
e treinos. Para alcançar o título nacional, por exemplo, antes de
concorrer com 68 equipes, no Maranhão, a Space Bots passou por outras
34 equipes em etapa de São Paulo?, disse, ressaltando a seriedade do
trabalho e o interesse em firmar parceria com a prefeitura para
promover um torneio na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.