Prefeito de Campos dos Goytacazes vai ao Siprosep e tem conversa franca com servidores

Em reunião aberta nesta última sexta-feira (08), com os servidores municipais na sede do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais de Campos (Siprosep), o prefeito Wladimir Garotinho assegurou aos servidores que o pagamento do mês de janeiro, que será pago até o dia 5º útil do mês subsequente, vai seguir calendário anual, com pagamento dentro da normalidade. Contudo, apresentou a realidade atual dos cofres da Prefeitura, que conta apenas com R$ 2,9 milhões para uma folha de pagamento de dezembro, que soma R$ 106 milhões, e pediu que os servidores definam propostas em assembleia.
 
“Conforme eu afirmei em campanha, meu governo vai priorizar os servidores e, por isso, estou aqui. Não vou fazer nenhuma ação em relação aos servidores sem que antes as decisões da categoria sejam decididas em assembleia. Temos muita coisa para reestruturar na nossa cidade e precisamos decidir juntos. Não ganhei a eleição para ficar parado dentro da Prefeitura. Tenho que trabalhar muito, mas vou estar também nas ruas, nas entidades para ouvir as pessoas, como estou fazendo aqui”, declarou Wladimir, que levou para a reunião o secretário de Fazenda, Walter Jobe, o Procurador Geral, Roberto Landes, e o presidente do PreviCampos, Mário Terra Filho, que fizeram esclarecimentos aos servidores.
 
Principais propostas – Após ouvir sugestões, a presidente do Siprosep, Elaine Leão, anunciou que convocará assembleia, que ficará aberta às propostas por dois dias, a partir de terça-feira (12). As principais propostas apresentadas por servidores ativos e aposentados, inclusive servidores da área da Saúde, foram tomada de empréstimo na rede bancária, conforme sugeriu a professora aposentada, Nagila Alves; tomada de empréstimo por parte da Prefeitura ao PreviCampos, com juros de 0,5% e correção pelo IPCA, apresentada por Elaine Leão, referenda pelo advogado do sindicato, Marcos André Martins.
 
A diretora Jurídica do Siprosep, Daniele Henrique Correa sugeriu pagar parcialmente a folha de dezembro com os royalties que entrará no final do mês, em torno do dia 20. Mas o prefeito explicou que não pode acatar essa proposta, porque “há três anos o TCE vem alertando aos prefeitos que reduzissem o uso dos recursos dos royalties em pagamento de salários porque a partir de janeiro de 2021 não será possível utilizar essa receita para quitar salários”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito