Prefeito Bruno Covas libera viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros após quatro meses

Segundo prefeito Bruno Covas, resultado dos testes fizeram a gestão municipal antecipar liberação, prevista para segunda (18). Caminhões e ônibus, que inicialmente seriam vetados, também podem circular.

A Prefeitura de São Paulo liberou, no início da tarde deste sábado (16), o trânsito no viaduto da pista expressa da Marginal Pinheiros, próximo ao Parque Villa Lobos, na Zona Oeste, que cedeu na madrugada do dia 15 de novembro do ano passado. A liberação ocorre após quatro meses de interdição.

Segundo o prefeito Bruno Covas (PSDB), os testes realizados nesta manhã fizeram com que a gestão municipal antecipasse a reabertura, prevista para ocorrer na próxima segunda-feira (18). Ele esteve no local acompanhado do secretário Vitor Aly, de Infraestrutura Urbana.

“Os testes estão dando de acordo com os modelos matemáticos elaborados, o que nos permite anunciar que não vamos mais liberar na segunda-feira, vamos liberar no dia de hoje, e não apenas para carro, mas também já para caminhão”, afirmou Covas.

A expectativa era abrir a via apenas para carros. Entretanto, técnicos asseguraram que não há necessidade de restringir a circulação de veículos.

Ainda segundo Covas, apesar da liberação, os trabalhos ainda não foram concluídos. A gestão municipal espera anunciar o vencedor da licitação das obras de requalificação para dar início à próxima etapa.

“Parte das obras vão continuar, são obras de requalificação que podem ser feitas com ele sendo utilizado. Dia 12 [de abril] sai o vencedor desta obra que vai ser feita complementar à recuperação, que termina no dia de hoje”.

Segundo o prefeito, o custo total estimado das obras, com a requalificação, é de R$ 26,5 milhões.

“Menos de 40% do que seria os R$ 70 milhões, caso a gente tivesse que demolir e construir um novo viaduto.”

Dutra

Bruno Covas também disse no próximo dia 22 de março, a Prefeitura espera ter o cronograma das obras de recuperação da ponte que leva à Rodovia Presidente Dutra pela Marginal Tietê, interditada em janeiro deste ano.

“Os testes lá de carga já foram concluídos. Agora, no dia 22 vamos, ter claro qual a obra de recuperação que precisa ser feita e, portanto, anunciamos qual é o cronograma de liberação”, afirmou o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: