Possibilidade de Olimpíadas sem público pode custar mais de R$ 125 bilhões ao Japão

Em meio aos rumores de que o Japão estaria trabalhando para tentar cancelar as Olimpíadas de Tóquio, previstas para agosto deste ano, analistas começam a fazer projeções nada animadoras sobre os cenários de pandemia e a realização dos Jogos. Neste sábado, o “Japan Times” trouxe uma análise do professor de economia Katsuhiro Miyamoto de que o país poderia ter um prejuízo de até ¥ 2,4 trilhões (cerca de R$ 125 bilhões) caso a competição seja realizada sem público.

 
Número 0 coberto pelo 1 como referência ao adiamento das Olimpíadas de Tóquio na logomarca dos Jogos  — Foto: Marijan Murat/picture alliance/Getty Images

Número 0 coberto pelo 1 como referência ao adiamento das Olimpíadas de Tóquio na logomarca dos Jogos — Foto: Marijan Murat/picture alliance/Getty Images

A possibilidade de haver Olimpíadas sem a presença de espectadores foi levantada nesta última sexta-feira pelo presidente do COI, Thomaz Bach, durante conferência em vídeo. O mandatário afirmou que o comitê trabalha com todos os possíveis cenários, incluindo a realização dos Jogos sem público presente, além de quarentena e distanciamento social para atletas.

– Nós estamos trabalhando para nos preparar em todos os cenários que podemos encontrar em julho e agosto deste ano. Isso vale para regras de imigração, de quarentena, sobre distanciamento social dentro da Vila Olímpica… e a questão dos espectadores. Quantos vão ser? Vão haver espectadores? – indagou Bach, deixando a possibilidade no ar.

Thomas Bach levantou possibilidade de Olimpíadas sem público — Foto: Behrouz Mehri-Pool/Getty Images

Thomas Bach levantou possibilidade de Olimpíadas sem público — Foto: Behrouz Mehri-Pool/Getty Images

O professor ainda divulgou outros cálculos apontando os diversos cenários para as Olimpíadas, como a perda de cerca de ¥ 4,5 trilhões (R$ 237 bilhões) se os Jogos de Tóquio forem cancelados. Outra possibilidade, com o número de espectadores reduzido pela metade, ele estimou prejuízo de cerca de ¥ 1,4 trilhão (R$ 73 bilhões).

O jornal ainda lembrou que o governo de Tóquio tem sofrido com a pressão financeira por conta dos efeitos da pandemia. Segundo o “Japan Times”, a metrópole gastou mais de ¥ 2 trilhões (R$ 105 bilhões) para combater a Covid-19. Até agora, está previsto o custo de ¥ 717 bilhões (R$ 37 bilhões) para a realização das Olimpíadas e Paralimpíadas, já incluindo as despesas adicionais devido ao adiamento do evento por um ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: