fbpx

Por falta de doses da AstraZeneca, unidades de saúde do Rio já aplicam segunda dose da Pfizer

 Com estoques da AstraZeneca perto do fim, a Secretaria Municipal de Saúde começou, nesta segunda-feira, a oferecer a intercambialidade com o imunizante da Pfizer contra Covid-19. De acordo com a pasta, as vacinas da Oxford já estão em falta em alguns polos e, por isso, os cariocas que quiserem poderão optar pela combinação.

“Conforme planejado, está sendo ofertada a intercambialidade com vacina heteróloga (D2 da Pfizer), conforme disponibilidade”, explicou a pasta, em nota. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) responsável pela produção do imunizante AstraZeneca no Brasil prometeu que novos lotes da vacina devem ser produzidos nesta semana. A entrega de vacinas foi paralisada porque os lotes mensais de agosto do ingrediente farmacêutico ativo (IFA), importado para a fabricação da vacina, só chegaram nos dias 25 e 30 do mês passado.

Para os pacientes que não optarem pela troca da segunda dose para as vacinas Pfizer, a Prefeitura do Rio já trabalha com uma fila de espera por unidade de saúde. A expectativa é que essas pessoas sejam acionadas assim que um novo lote do imunizante seja entregue ao município. A SMS afirmou ainda que aguarda a confirmação de envio de novas doses pelo Ministério da Saúde. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: