Ponte desmorona após ser atingida por navio nos EUA; equipes procuram pelo menos 7 pessoas na água

Uma ponte desmoronou depois de ser atingida por um navio cargueiro na cidade de Baltimore, em Maryland, nos Estados Unidos. O acidente aconteceu durante a madrugada desta terça-feira (26) e foi flagrado por uma câmera de monitoramento. Assista acima.

Segundo o chefe do corpo de bombeiros local, James Wallace, duas pessoas foram retiradas da água, sendo que uma delas se encontra em estado grave.

Os bombeiros informaram que mergulhadores estão fazendo buscas por pelo menos 7 pessoas ainda no rio. Informações iniciais davam conta de até 20 desaparecidos, mas segundo os bombeiros, ainda não se sabe o número exato de pessoas que estão na água.

“Ainda estamos em uma situação de busca e resgate no momento, e seguiremos nela por algum tempo”, disse Wallace. “É uma emergência terrível”, afirmou o diretor de comunicação do Corpo de Bombeiros de Baltimore, Kevin Cartwright, à AP.

As autoridades afirmaram que um número incerto de veículos trafegava pela ponte Francis Scott Key no momento do incidente. Pelo menos um deles seria uma carreta de grande porte. Trabalhadores também faziam serviços de mantenção na estrutura durante a madrugada quando houve a colisão.

Equipes de resgate correm contra o tempo. A temperatura em Baltimore nesta madrugada estava de cerca de -1ºC, de acordo com a rede americana CNN. A temperatura da água é de cerca de 9ºC — capaz de provocar morte por hipotermia, a depender do tempo de exposição do indivíduo.

Bombeiros também usam drones com câmeras infravermelhas e sonares nas buscas.

Porta-contêiner

Segundo o jornal “The New York Times”, o navio envolvido no acidente é um porta-contêiner com bandeira de Singapura e tinha como destino o Sri Lanka.

O cargueiro, batizado de Dali, tem 300 metros de comprimento e 48 de largura, de acordo com o site MarineTraffic.

O navio era operado pela empresa Synergy e estava a serviço da companhia dinamarquesa Maersk, de acordo com a CNN.

Tráfego naval suspenso

Para facilitar o trabalho dos bombeiros, a Autoridade de Transporte de Maryland bloqueou todas as vias na região da ponte Francis Scott Key — uma importante ligação entre dois pontos da cidade, cruzando o Rio Patapsco.

O tráfego naval no porto de Baltimore também foi suspenso e não tem previsão para ser retomado. A agência que controla a aviação nos EUA também restringiu o espaço aéreo e pediu para que drones particulares não sobrevoem a região.

O governador de Maryland, Wes Moore, declarou estado de emergência. O secretário de Transporte dos EUA, Pete Buttigieg, disse que está em contato com o governador e com o prefeito de Baltimore, Brandon M. Scott.

Segundo o departamento de polícia da cidade, não há indicativo de ato terrorista no incidente, nem de que ele teria sido provocado de maneira proposital. De acordo com a rede de TV ABC News, o navio perdeu propulsão enquanto manobrava para sair do porto.

Ponte Francis Scott Key

Inaugurada em 1977, a ponte tem quase 3 quilômetros de extensão. A estrutura também conta com uma ponte elevadiça e fica próxima ao porto de Baltimore.

A ponte leva o nome do autor do poema que deu origem ao hino dos Estados Unidos. Segundo estudiosos, Francis Scott Key escreveu os versos após presenciar o bombardeio do Forte McHenry, em 1814, na região de Baltimore.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *