Polícia realiza operação para prender traficantes que assaltavam casas de luxo em Niterói

A Secretaria de Polícia Civil (Sepol), por meio das delegacias do 4º Departamento de Polícia de Área (4º DPA) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), deflagra a “Operação Kasparov”, nesta terça-feira (22), mas comunidades da Grota, em São Francisco e Igrejinha,  no Largo da Batalha.  O objetivo da ação é desarticular e prender traficantes que integram uma das maiores quadrilhas de roubos a residências de luxo de Niterói. Até o momento, mais de dez pessoas foram presas. 

A ação conta com apoio do Batalhão de Choque e do 12º BPM (Niterói). De acordo com os agentes, os envolvidos são responsáveis por mais de uma centena de roubos a casas de luxo, eram violentos com as vítimas e utilizavam fuzis e granadas nos crimes. Durante as investigações, 24 integrantes da quadrilha foram presos em outras operações. Outros três componentes do grupo morreram. Um dos mortos era o líder do tráfico de drogas da comunidade da Grota, em Niterói. A ação desta terça-feira visa prender os remanescentes da organização criminosa. 

As investigações começaram após o roubo da casa de uma juíza. A polícia descobriu que a quadrilha contava com suporte do tráfico de drogas de diversas comunidades de Niterói que, inclusive, forneciam armas.O objetivo da ação é desarticular e prender traficantes que integram uma das maiores quadrilhas de roubos a residências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: