Polícia Civil prende 152 suspeitos em ação contra ladrões de carga, veículos e suspeitos de latrocínio no Rio

A Polícia Civil está nas ruas do Rio para cumprir mais de 100 mandados de prisão contra foragidos da Justiça por crimes de roubos e receptadores. Até as 09h14, 152 suspeitos tinham sido presos em diversas regiões do estado. Segundo a polícia, quatro suspeitos foram mortos, sendo três em Resende, no sul do Estado, e um em Duque de Caxias.

Mais de 500 policiais participam da operação Espoliador III, referente à terceira fase das investigações.

Segundo as investigações, boa parte dos roubos praticados por traficantes que exploram a venda de drogas em comunidades e, para obter mais lucro, emprestam armas para a prática de roubos de cargas, de veículos, a pedestres, a residências, a instituições financeiras e a estabelecimentos comerciais.

“É importante ressaltar que as investigações das delegacias dão conta de que o tráfico de drogas, principalmente, é o responsável por fomentar grande parte dos roubos de veículos”, afirmou o delegado Felipe Curi, subsecretário operacional da Polícia Civil.Edital Policia Civil RJ: bancas apresentam propostas até HOJE (30 ...

De acordo com dados de investigação e de inteligência, o crime organizado (tráfico e milícia) é responsável por pelo menos 79% dos roubos de veículos na Capital; 73% na Baixada e 84% em Niterói e São Gonçalo.

Em relação aos roubos de cargas, o crime organizado tem participação em pelo menos 65% dos roubos na Capital, 64% na Baixada e 62% em Niterói e São Gonçalo.

“O tráfico de drogas fomenta, principalmente, o roubo de veículos e o roubo de cargas. Eles têm em algumas comunidades até gerentes para estes tipos de crime”, destacou o delegado.

A ação de hoje também visa a prisão de receptadores, que são responsáveis por adquirir o produto dos roubos praticados e estimular essa prática criminosa, e a prisão de autores de latrocínios, que acabam matando a vítima por causa do roubo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito