fbpx

Polícia Civil investiga ação da PM que deixou oito mortos no Complexo do Salgueiro

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar policiais militares que participaram da operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, deixando oito mortos. Os agentes teriam demorado um dia para acionar a delegacia da região sobre a ação do BOPE.

Os corpos foram retirados de um manguezal pelos próprios moradores.

O Ministério Público também vai instaurar procedimento investigatório criminal. O PIC vai analisar eventuais violações a direitos. O MP informou ainda que a ação foi regularmente comunicada pela Polícia Militar ao ministério.

A operação foi desencadeada no local durante o fim de semana, após o assassinato do sargento Leandro da Silva, de 38 anos, do 7º BPM (São Gonçalo). Ele foi atingido por um tiro dentro da viatura durante um patrulhamento em Itaúna, bairro vizinho às Palmeiras e também parte do Complexo do Salgueiro. Leandro morreu no hospital.

Os policiais militares foram atacados quando chegaram uma denúncia de baile funk com criminosos armados.

Na manhã de domingo (21), uma idosa também foi atingida no braço por uma bala perdida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: