fbpx

Petrópolis pode se tornar polo de tecnologia nacional

A primeira edição do Petrópolis TechSummit reuniu autoridades e grandes nomes do setor de tecnológia nacional e internacional nesta quinta-feira (25).  O objetivo foi discutir a tecnologia para os novos desafios da sociedade e consolidar o evento como o maior do setor já realizado na Região Serrana. Prefeitura de Petrópolis e Serratec – Parque Tecnológico da Região Serrana, com o apoio da Firjan assinam a realização do evento. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, destacou que a cidade oferece condições ideais para o desenvolvimento do setor de tecnologia. “Queremos colocar Petrópolis no mapa das maiores cidades tecnológicas do país. Nós temos sete multinacionais instaladas na cidade, cinco universidades e várias escolas técnicas. É um ambiente que proporciona o desenvolvimento do setor.”

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Vinícius Farah reforçou a vocação da cidade para o setor. Durante a abertura do evento, ele revelou aos presentes que um trabalho conjunto com a Secretaria de Infraestrutura está editando um projeto para a implementação, em Petrópolis, do que ele chamou de “o maior projeto público de tecnologia do Brasil”. “Chegou a hora de Petrópolis se consolidar de forma permanente como um polo nacional de tecnologia. Essa é uma das prioridades do governo do estado. Estamos viabilizando a compra de um grande prédio aqui na região para fazer daqui um grande polo nacional de tecnologia. Em breve vocês vão saber que aqui vai ter talvez o maior projeto público do Brasil de tecnologia. A nossa parte é a parte estrutural. Depois esse local será reformulado e reestruturado. Uma obra de milhões, eu não posso falar muito”, revelou o secretário.

Para o presidente do Serratec, Guilherme da Motta Alves, a cidade conta com infraestrutura para receber mais empresas de tecnologia e com isso gerar mais empregos para a região. “Estamos puxando o desenvolvimento econômico da cidade através desse vetor da tecnologia. Temos uma área de mil metros disponíveis no Serratec e estão sendo lançado agora o Centro Tecnológico da Região Serrana no Quitandinha, para receber mais empresas na cidade. Tecnologia é um vetor de crescimento e queremos fazer de Petrópolis um dos principais polos de tecnologia do país.”

O evento contou, ainda, com a presença do prefeito interino, Hingo Hammes; o secretário de estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Sérgio Luiz Costa Azevedo Filho; o subsecretario de Estado das Cidades, Bernardo Rossi; o subsecretario de estado de Desenvolvimento Econômico, Sebastião Médici; o presidente interino da Câmara de Vereadores, Fred Procópio; a procuradora de justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, Dra. Denise Tarin; o Juiz da Vara da Infância e Juventude, Dr. José Claudio de Macedo, entre outras autoridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: