fbpx

Petrópolis: Meio Ambiente flagra construções irregulares no Meio da Serra durante operação para coibir desmatamento

Com o apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar, agentes desmontaram as estruturas que estavam em meio a mata

O setor de fiscalização da Secretaria Meio Ambiente, com o apoio da Guarda Civil e da Polícia Militar, realizou uma ação conjunta para coibir o desmatamento, a movimentação irregular de terra e a expansão desordenada na Rua Lopes Trovão, no Meio da Serra, na localidade conhecida como Vila União, na tarde de ontem (24/11). No local, os agentes encontraram construções irregulares que estavam sendo erguidas em meio a mata. Todas foram demolidas.

As equipes chegaram ao local para cumprir com uma determinação do Ministério Público Federal (MPF) e também atendendo a inúmeras denúncias de moradores da região. Durante a ação, os agentes ainda lavraram uma notificação para que o proprietário apresente, no prazo de 12 dias, as licenças relativas ao imóvel, sob pena de multa e demolição da estrutura.

“Geralmente, as ocupações irregulares iniciam com pequenas estruturas de madeira e, após se fixarem no local por um tempo, começam a investir em material para consolidar a construção e, assim, permanecer na área”, afirma Miguel Fausto, chefe do setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente.

“Trata-se de uma operação permanente que irá ocorrer na localidade sentido de coibir as infrações para garantir o cumprimento da legislação ambiental e a ajuda da população é muito importante para o êxito das nossas ações”, concluiu o secretário de Meio Ambiente Edmardo Campbell.

Desde o início do ano, o Meio Ambiente atendeu 668 denúncias de infrações no município, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas exercendo atividade sem licença ambiental e queimadas.

As denúncias podem ser realizadas de forma anônima através do telefone (24) 2246-9241, ou pessoalmente na Secretaria de Meio Ambiente, que fica localizada na Avenida Koeler nº 87 – Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: