Pecuarista ganha mais prazo para vacinar rebanho contra a Febre Aftosa , em Itatiaia  

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a Febre Aftosa no Rio de Janeiro foi prorrogada. A ação, que inicialmente terminaria nesta quarta-feira, 31 de maio, com o novo prazo será encerrada em 30 de junho. De acordo com a Divisão de Agricultura da Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Agricultura, a prorrogação possibilita aos pecuaristas vacinar seus rebanhos e entregar a declaração de vacinação em uma das unidades da Defesa Agropecuária do Estado.  

A FAERJ (Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio de Janeiro) atendeu solicitação da Superintendência de Defesa Agropecuária, da Secretaria Estadual de Agricultura, que encaminhou pedido para a ampliação do prazo da primeira etapa da campanha de imunização contra a Febre Aftosa. A autorização, concedida pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, concede mais tempo aos pecuaristas fluminenses para adquirir as doses de vacina nas lojas autorizadas e fazer a vacinação dos seus rebanhos.  

A Prefeitura de Itatiaia, através da Divisão de Agricultura da Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Agricultura, está imunizando contra a Febre Aftosa bovinos de todas as idades, provenientes de produtor rural local que possuam em seu plantel até 30 cabeças. Na segunda fase da campanha, prevista para novembro, serão vacinados bovinos até 24 meses de idade.  

– A vacinação é obrigatória. O produtor que não vacinar e declarar a vacinação do seu rebanho pode ser multado e ter a propriedade interditada. Após a vacinação, o criador terá até cinco dias para enviar ou entregar a declaração de vacinação aos Núcleos de Defesa Agropecuária – informa Sandro Maciel Secretário de Habitação, Regularização Fundiária e Agricultura de Itatiaia.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *