Pastor é preso acusado de usar igreja para praticar sexo com crianças no Rio

A Polícia Civil, através dos agentes da delegacia da Cidade Nova, prendeu um pastor evangélico acusado de usar uma igreja para praticar sexo. Através do depoimento de várias vítimas foi iniciada uma investigação contra Leandro de Castro, que utilizava o local para cometer crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

Segundo a Polícia Civil, ele era pastor de igrejas nas comunidades da Coroa, Turano e São Carlos, na região Central da cidade e Zona Norte. A polícia representou pela prisão preventiva. Ele já era considerado foragido.

Após a prisão, ele foi encaminhado para a sede da Secretaria de Administração Penitenciária onde ficará a disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.