Parlamento russo aprova extensão de acordo nuclear com os EUA

A câmara alta do parlamento da Rússia, o Conselho da Federação, aprovou nesta quarta-feira (27) a extensão do tratado de controle de armas nucleares entre o país e os Estados Unidos, chamado New Start. A câmara baixa, a Duma do Estado, já havia ratificado a proposta.

O New Start (Novo Tratado de Redução de Armas Estratégicas) foi assinado em 2010, limita o número de ogivas nucleares estratégicas, mísseis e bombardeiros que as duas potências podem usar e venceria na próxima semana.

Em outubro, o governo de Donald Trump havia rejeitado a proposta russa de prorrogar o tratado por um ano. Após assumir, o novo presidente dos EUA, Joe Biden, declarou a intenção de prorrogá-lo — e a Rússia afirmou que o gesto era bem-vindo.

O acordo foi tema da ligação entre Biden e o presidente da RússiaVladimir Putin, na terça-feira (26). Ambos concordaram em estendê-lo por mais cinco anos, mas isso dependia da aprovação do Parlamento russo.

Foto de março de 2011 mostra o então vice-presidente dos EUA, Joe Biden, cumprimentando o então primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, em Moscou — Foto: Alexander Natruskin/Reuters

Assinado há dez anos pelos então presidentes dos dois países, Barack Obama e Dimitri Medvedev, o pacto nuclear dá continuidade aos pactos nucleares dos tempos da Guerra Fria.

O texto limita a cada país um máximo de 1.550 ogivas nucleares e 700 mísseis e bombardeiros em condições de uso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: