Parceria da Prefeitura de Rio das Ostras com Vallourec atende jovens no Centro Municipal de Inclusão Digital

Uma importante parceria da Prefeitura de Rio das Ostras com a empresa mineira Vallourec, instalada na Zona Especial de Negócios (ZEN) do Município, promete transformar a vida de 28 adolescentes da Cidade.

Por intermédio da organização CDM Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana, uma organização sem fins lucrativos, a Vallourec irá financiar um importante projeto educacional para os jovens atendidos no Centro Municipal de Inclusão Digital (CMID), em São Cristóvão; e no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Sul), em Cidade Beira Mar.

Na manhã desta quarta-feira, dia 30 de junho, representantes organização CDM Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana fizeram a entrega simbólica dos kits destinados aos jovens que irão participar do projeto. A doação foi realizada no CMID São Cristóvão e no CRAS Sul.

PROJETO – A CDM Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana irá implementar um projeto para atender 28 jovens em Rio das Ostras. Nos encontros, serão trabalhadas Mentorias de Empregabilidade e Startup Social. As aulas serão semanais e irão acontecer de julho a setembro de modo remoto.

Os Voluntários da CDM irão abordar com os jovens envolvidos temas sobre autoconhecimento, habilidades relacionais, comunicação e networking, potencializando habilidades e competências por intermédio de atividades lúdicas e formativas.

Elaine dos Santos, representante da CDM Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana, explica a importância da iniciativa. “Organizamos o projeto social Voluntários do Saber no grupo Vallourec. Queremos possibilitar a formação profissional desses 28 jovens de Rio das Ostras e fornecer orientação para o primeiro emprego. Vamos fornecer mentorias de empregabilidade, em encontros semanais nos quais iremos abordar diversos temas que vão orientá-los para o primeiro emprego. O foco será na aprendizagem. Queremos que se tornem jovens aprendizes”.

MENTORIA – A mentoria de Startup Social para adolescentes é inspirada nas sturtups convencionais com uma metodologia direcionada a alunos do Ensino Fundamental. Os participantes desenvolvem habilidades socioemocionais como trabalho em equipe, diálogo, responsabilidade, criatividade e argumentação.

“A gente trabalha, por intermédio de jogos, o conceito de Startup Social junto a esses adolescentes, que estão na faixa etária de 14 anos, no Ensino Fundamental 2. Eles são apresentados a desafios da comunidade escolar e irão elaborar propostas para melhorá-la”, completa Elaine dos Santos.

Segundo Marcelle Santa Rosa, que gerencia as duas unidades do CMID em Rio das Ostras, a parceria irá render bons frutos. “Todos nós do Centro Municipal de inclusão Digital de Rio das Ostras, estamos muito animados para o início da parceria. Temos certeza que abrirá um leque de oportunidades para o amadurecimento, autoestima, autoconhecimento, ajudando os jovens da nossa Cidade a mudar sua realidade e enxergar novas perspectivas. Sempre foi um desejo aproximar as empresas da comunidade e, sem dúvidas, esse será um grande passo”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: