Pandemia virou uma guerra contra o presidente, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 5ª feira (18.mar.2021) que a pandemia no Brasil “virou uma guerra” contra ele.

Afirmou que o país está em uma luta ferrenha visando às eleições de 2022.

Em tom de ironia, Bolsonaro disse que parece que agora as pessoas só morrem de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

O chefe do Executivo falou que as mortes por causa da covid estão ocorrendo em todo lugar do mundo. Perguntou: “Qual país está tratando bem a questão da covid?”.

“Qual país do mundo que está tratando bem a questão da covid? Aponte um. Em todo local está morrendo gente. Agora, aqui, virou uma guerra contra o presidente. Um dos raros países onde querem derrubar o presidente é aqui. Eles não apresentam soluções. Quando eu digo, né: Me apresente um país onde está dando certo o combate à covid. Não tem, tá. Esses caras que querem me derrubar, o que vocês fariam no meu lugar? ‘Ah, comprar vacina’. Onde é que tem vacina para vender? Onde tem vacina para vender?”, afirmou.

A declaração foi dada na portaria do Palácio do Alvorada, em conversa com apoiadores.

Em suas declarações, ele reiterou críticas ao fechamento do comércio em diversos Estados. Afirmou que a população está sofrendo com o desemprego.

O presidente ainda falou sobre vacinas. Disse que, no ano passado, queria comprá-las e ninguém queria vender.

Por fim, atacou o ex-presidente Lula, sem mencionar seu nome. Disse que um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) tornou elegível um dos “maiores bandidos do Brasil”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: