Paes diz que flexibilização do comércio deve acontecer a partir da próxima segunda

O prefeito Eduardo Paes afirmou nesta terça-feira que pretende flexibilizar o fechamento do comércio no município a partir da próxima segunda, no dia seguinte ao término do decreto de restrições. A decisão, no entanto, vai depender do aval da Secretaria de Saúde. O anúncio do fim ou da renovação da parada emergencial deve acontecer na próxima sexta-feira, na divulgação de um novo boletim epidemiológico.

“Eu disse que as restrições que estávamos impondo era de que elas teriam uma data para começar e terminar. Mas a medida que a gente avança nisso, quanto mais pessoas se preservarem, respeitarem essas regras nesses dez dias, mais a gente poderá flexibilizar a partir desta segunda-feira. Para mim, esses dez dias não são aleatórios. Como estamos trabalhando com as unidades básicas de saúde, as UPAs, é menos do que aquela média móvel curta de óbitos e internações, elas acabam dando um retrato do que pode acontecer. A gente está trabalhando com esses dados, que começou há três semanas com algumas medidas mais restritivas, acompanhamos muito de perto para tomarmos medidas responsáveis. A gente quer flexibilizar a partir de segunda, vamos aguardar mais uns dias e na sexta devemos anunciar, se Deus quiser, essa flexibilização”, afirmou o prefeito, que esteve nesta manhã no Museu da Justiça, no Palácio da Justiça, que é o 19º ponto de vacinação na cidade.

Eduardo Paes ainda disse que está otimista porque, segundo ele, o processo de vacinação na cidade está avançando cada vez mais. “As coisas estão caminhando bem. Vamos olhar com otimismo, eu sei que é duro, é difícil, as pessoas estão sofrendo. Mesmo com os auxílios que criamos para os comércios é difícil, mas a solução é para a gente dar uma liquidada nesse vírus, dar um choque grande para a vida voltar a fluir com o mínimo de normalidade. Estou otimista, porque a vacinação está avançando”.[object HTMLDocument]Na noite desta segunda-feira, durante uma live, Paes afirmou que número de mortes de idosos por covid-19 diminuiu por causa de vacinação no Rio. No entanto, hoje, o prefeito se corrigiu e explicou que “não é uma redução de internações e mortes por covid-19, infelizmente o que temos é um aumento, mas o que eu comemorei ontem foi uma redução na faixa etária de pessoas mais velhas. A gente já entende que isso é fruto da vacinação. A vacina dá certo, salva vidas, absolve e te livra da covid”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: