Pacheco lê nomes de membros da CPI da Pandemia e abre caminho para instalação da comissão

Leitura era o último rito processual necessário antes da instalação do colegiado. Autor do pedido de CPI, senador Randolfe Rodrigues defendeu que trabalhos comecem na quinta (22).

Rodrigo Pacheco defende prioridade para saúde e crescimento econômico —  Senado Notícias

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), fez na tarde desta quinta-feira (15) a leitura dos nomes dos 18 senadores, entre titulares e suplentes, que vão compor a CPI da Pandemia, criada nesta semana e que pretende investigar omissões do governo Jair Bolsonaro no combate à Covid-19.

A leitura dos nomes era o último rito processual necessário antes da instalação do colegiado. Ou seja, a partir de agora, a CPI já pode ser instalada e começar os trabalhos.

O próximo passo é definir a data da sessão inaugural, tarefa que tradicionalmente cabe ao membro mais idoso da comissão, neste caso o senador Otto Alencar (PSD-BA), de 73 anos.

Alencar também deverá ser o responsável por presidir a primeira sessão de trabalhos, quando serão eleitos o presidente e o vice-presidente e designado o relator da comissão.

Pacheco afirmou nesta quinta, porém, que vai consultar os membros do colegiado para definir a data da primeira reunião.

O presidente do Senado disse ainda que “muito em breve” informará aos senadores o formato da instalação e do funcionamento da CPI, se ela será virtual ou presencial.

“Muito em breve nós informaremos a todo o Senado Federal o formato e a forma de instalação da CPI. Obviamente, consultarei os seus 11 membros titulares e os 7 suplentes, inclusive para definição da data”, disse Pacheco.https://b711bfecc5b48c8f5c68f29dcb91957d.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Início na próxima semana

Pouco antes da leitura em plenário, o autor do pedido da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), defendeu que a comissão seja instalada na próxima quinta-feira (22).

Durante entrevista, Rodrigues disse que já havia sido informado por Pacheco que a instalação do colegiado deve ser “imediata”.

“Imediata seria semana que vem. Ainda hoje falei com senador Otto Alencar (PSD-BA) e ele informou que está pronto para vir a Brasília para a primeira reunião para instalação. Então, façamos. Acho razoável pensar que podemos ter a primeira reunião na próxima quinta-feira”, disse Randolfe Rodrigues.

Veja quem são os 18 senadores que compõem a CPI da Pandemia:

Titulares

  1. Eduardo Braga (MDB-AM) – independente
  2. Renan Calheiros (MDB-AL) – próximo à oposição, mas prefere ser chamado de independente
  3. Ciro Nogueira (PP-PI) – governista
  4. Otto Alencar (PSD-BA) – próximo à oposição, mas prefere ser chamado de independente
  5. Omar Aziz (PSD-AM) – independente
  6. Tasso Jereissati (PSDB-CE) – próximo à oposição, mas prefere ser chamado de independente
  7. Eduardo Girão (Pode-CE) – próximo ao governo, mas prefere ser chamado de independente
  8. Humberto Costa (PT-PE) – oposição
  9. Randolfe Rodrigues (Rede-AP) – oposição
  10. Marcos Rogério (DEM-RO) – próximo ao governo, mas prefere ser chamado de independente
  11. Jorginho Mello (PL-SC) – governista

Suplentes

  1. Jader Barbalho (MDB-PA)
  2. Luis Carlos Heinze (PP-RS)
  3. Angelo Coronel (PSD-BA)
  4. Marcos do Val (Pode-ES)
  5. Rogério Carvalho (PT-SE)
  6. Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
  7. Zequinha Marinho (PSC-PA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: