Pablo Iglesias, vice-primeiro-ministro da Espanha, renuncia para concorrer à prefeitura de Madri

Pablo Iglesia, do Podemos, durante sessão parlamentar em Madrid, em setembro de 2019 — Foto: Sergio Perez/Reuters

Pablo Iglesias, o vice-primeiro-ministro da Espanha, disse nesta segunda-feira (15) que vai renunciar e concorrer à prefeitura de Madri.

Veja uma reportagem de 2020 sobre a coalizão do Podemos, o partido de Iglesias, e o Partido Socialista, que formam a base do governo espanhol.

Na Espanha, socialistas e extrema-esquerda formam governo de coalizão

Ele será substituído no cargo pela atual ministra do Trabalho, Yolanda Diaz. Os dois são do Unidas Podemos, um partido de esquerda que faz parte da coalizão de governo.

“Madri precisa de um governo de esquerda, e eu acredito que posse ser útil para vencer e liderar”, ele afirmou.

A campanha começará no meio de abril.

A prefeita de Madri, Isabel Diaz Ayuso, renunciou ao cargo depois de perder a maioria do Parlamento regional (um dos partidos que garantiam a maioria, o Ciudadanos, rompeu a coligação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: