fbpx

Ônibus pega fogo próximo ao Hospital Raul Sertã, em Nova Friburgo

Um ônibus pegou fogo na manhã desta quinta-feira (23) em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. No momento do incêndio, estavam no coletivo o motorista e cerca de 20 passageiros. Todos conseguiram sair do veículo sem ferimentos.

O incêndio foi na Av. Rui Barbosa, em frente ao Hospital Raul Sertã, e próximo à sala onde ficam os geradores do hospital. O fogo atingiu uma árvore e parte da fiação elétrica da rua, mas não afetou a energia da unidade de saúde.

Os bombeiros foram acionados e conseguiram conter as chamas antes que elas se alastrassem. DE acordo com o Corpo de Bombeiros, foram cerca de 25 minutos de combate ao incêndio com o apoio de 15 militares com cinco viaturas.

Ainda segundo os bombeiros, foram necessários 11 mil litros de água para apagar as chamas.

Ônibus ficou completamente destruído após pegar fogo em Nova Friburgo, no RJ — Foto: Ádison Ramos/Inter TV

Ainda não há informações sobre o que teria causado o incêndio. O motorista estava em estado de choque e ainda não falou sobre onde teria iniciado o fogo.

O porteiro da unidade de Saúde, Célio de Abreu, contou que o fogo se espalhou rapidamente.

Ônibus tinha cerca de 20 passageiros quando pegou fogo em Nova Friburgo; todos conseguiram sair do veículo a tempo — Foto: Ádison Ramos/Inter TV

“Eu tava na guarita, escutei uma gritaria e corri pra perto do ponto. O pessoal tava gritando que o carro tava pegando fogo por baixo. Foi quando o pessoal saiu de dentro do ônibus correndo, o motorista também saiu correndo. Foi um ‘troço’ muito rápido, rapidinho mesmo e começou a pegar fogo em tudo. A sorte é que os bombeiros chegaram rápido e amenizaram a situação”, disse o porteiro.

A Prefeitura de Nova Friburgo informou, por meio de nota, que vai notificar a Empresa Nova Faol requerendo esclarecimentos quanto as causas do incidente e quais medidas tem sido tomadas para que situações como essa não se repitam e disse que vai apurar junto da concessionária a condição dos demais veículos da frota para que novos incidentes não ocorram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: