Obras na Casa de Saúde Nossa Sra. da Piedade serão retomadas

Segundo a Prefeitura de Magé, o trabalho na unidade vai começar ainda este ano

Em visita à Casa de Saúde Nossa Senhora da Piedade, no último sábado (03-07), o prefeito Renato Cozzolino anunciou, ao lado do secretário estadual de Saúde,  Alexandre Chieppe, a retomada das obras no local ainda este ano, com o apoio financeiro do Governo do Estado.

“O secretário Alexandre Chieppe e o deputado federal Dr. Luizinho trouxeram uma notícia maravilhosa. Os recursos já foram levantados e o governador vai liberar, em breve, a verba necessária para entregarmos esta unidade para o povo e para toda a região”, disse o prefeito informando ainda que a unidade terá 144 leitos, maternidade e centros cirúrgicos para várias especialidades médicas.

“Depois de 20 anos, o 1º Distrito vai voltar a ter uma maternidade. Quero agradecer por esta grande notícia como mageense e como prefeito, hoje à frente do município de Magé”, completou Renato Cozzolino.

O secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, confirmou a intenção de repassar os recursos necessários para concluir as obras da unidade, como garantiu o governador Cláudio Castro em visita a Magé, em março deste ano.

“A estrutura aqui está semi-pronta e não precisa de muita coisa para a conclusão. Não é possível que uma cidade do tamanho de Magé não tenha um equipamento como este, com leitos de retaguarda e de emergência para um atendimento imediato. O Governo do Estado vai apoiar no que for preciso para a estruturação deste grande hospital, e as pessoas deste grande centro metropolitano possam ter cada vez mais saúde”, explicou Chieppe.

O deputado federal Dr. Luizinho também destacou o esforço em conjunto para a Casa de Saúde atender finalmente a população de Magé.

“Acredito que esta é uma grande vitória para Magé trazendo aqui o secretário Alexandre Chieppe e, em nome do governador Cláudio Castro, para garantir este hospital maravilhoso que será uma revolução para a cidade e uma referência para toda a região. Este hospital vai fazer a diferença para salvar vidas. Com toda a certeza, estaremos aqui ano que vem para inaugurá-lo”, revelou o parlamentar.

A obra foi deixada inacabada pelo governo municipal anterior, após embargo da Justiça, em novembro de 2020, a partir de questionamentos feitos pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: