Novo uniforme da seleção da Ucrânia causa revolta na Rússia antes da Eurocopa

A Associação Ucraniana de Futebol causou revolta na Rússia ao apresentar a nova camisa da seleção com um mapa que inclui a Crimeia, uma ação que autoridades russas classificaram como uma provocação.

A Rússia anexou a Crimeia da Ucrânia em 2014. Moscou considera a península parte da Rússia, apesar de o território ser reconhecido internacionalmente como parte da Ucrânia.

O novo uniforme da Ucrânia foi apresentado no domingo, dias antes do início do Campeonato Europeu, na página de Facebook do chefe da Associação Ucraniana de Futebol, Andriy Pavelko.

A frente da camisa, tanto a titular – amarela – quanto a reserva – branca – mostra as fronteiras do país. Um slogan na parte superior das costas diz “Glória à Ucrânia!” e dentro da camisa há um slogan que declara “Glória aos heróis!” – as duas frases são usadas na Ucrânia como uma saudação militar oficial.

O deputado russo Dmitry Svishchev foi citado pela agência de notícias russa RIA dizendo que o desenho da camisa era “uma provocação política”. Ele disse que mostrar um mapa da Ucrânia “que inclui um território russo é ilegal”.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse nas redes sociais que os slogans nas camisetas eram nacionalistas e que o slogan “Glória à Ucrânia! Glória aos heróis!” ecoou um grito de guerra alemão nazista.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que a escolha do uniforme da Ucrânia é prerrogativa dos organizadores do torneio.

Indagado se isso poderia incitar problemas caso Ucrânia e Rússia se enfrentem na fase eliminatória do torneio, Peskov respondeu: “Esporte é esporte, e precisamos estar acima da incitação de ódio entre russos e ucranianos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: