Nova Caledônia registra os primeiros casos de coronavírus

Arte da ação do coronavírus no organismo humano — Foto: Reprodução/TV Globo

A Nova Caledônia, um território francês no Pacífico Sul, detectou neste domingo (7) seus primeiros casos de Covid-19. Apenas casos importados da doença foram relatados.

As infecções foram identificadas durante investigações realizadas após um caso positivo no sábado (6) em Wallis e Futuna, outro arquipélago francês localizado 2.200 quilômetros a leste da Nova Caledônia.

Os territórios eram um dos poucos no mundo onde nenhum caso de Covid-19 havia sido registrado, já que quarentenas obrigatórias eram decretadas, especialmente para todos os viajantes que chegavam.

As autoridades não sabem como o vírus chegou a Wallis e Futuna. De acordo com o chefe do governo local, Thierry Santa, a pessoa apresentou sintomas em fevereiro, após se infectar no final de janeiro.

“Trata-se de uma pessoa que saiu da quarentena há várias semanas depois de um teste negativo. Essa pessoa consultou um médico quando teve sintomas e deu positivo, o que significa que o vírus circula na ilha”, disse à AFP Hervé Jonathan, representante do Estado francês em Wallis e Futuna.

Santa pediu a todas as pessoas que retornaram deste território à Nova Caledônia se isolassem e ligassem para o número de emergência. Ele também anunciou “um confinamento estrito da população a partir da noite de segunda-feira por duas semanas (…) para interromper a transmissão do vírus.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: