‘No momento, não vejo opositor para Bolsonaro’ em 2022, diz Ramos

O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, disse ao programa Em Foco com Andréia Sadi, na GloboNews, que não vê, “no momento”, oposição ao presidente Jair Bolsonaro em 2022.

“No momento, não vejo opositor para Jair Messias Bolsonaro. Estamos vendo o DEM fracionado, o PSDB… O artigo dessa semana de uma revista de grande circulação [mostra] a oposição completamente fracionada. Então, vejo cenário muito positivo se assim o presidente manifestar sua vontade de se reeleger, que é um direito democrático dele. Como se diz, acho que é o Luís 16, não tenho certeza, infeliz é o poder que não pode. O presidente tem o poder e tem a possibilidade de se reeleger, se ele quiser, tenho muita esperança que isso aconteça”.

Ramos disse não acreditar que o ex-ministro Sergio Moro seja candidato em 2022 “por não ser da política”.

Na entrevista, Ramos respondeu sobre o casamento do governo com o Centrão, contrariando discurso de campanha de Bolsonaro de 2018. O ministro chamou de “amadurecimento” do governo em relação à política.

O ministro falou também a respeito da relação Bolsonaro e Mourão, do relato do general Villas Boas, em livro, de que a postagens polêmicas na véspera de julgamento de Lula foram escritas com Alto Comando do Exército, da pandemia, auxílio emergencial e outros temas.

A íntegra da entrevista vai ao neste domingo (14), a partir das 20 horas, na GloboNews.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: