“Natal Cultura Presente” passou por Mesquita

A PEC, Praça Estação Cidadania, em Santo Elias, foi palco na última sexta-feira, dia 11 de dezembro, de uma edição do “Natal Cultura Presente“. O evento, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio (Sececrj), ocupou o espaço das 16h às 20h e teve exposição de presépios, apresentação de filme, número circense e show com orquestra. A própria secretária estadual de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros, esteve presente e discursou para os mesquitenses que conferiram a programação.

Esse é o Natal que podemos promover às famílias hoje. E que bom que é em um lugar tão lindo como esse. Queremos ver locais espalhados por aí. A cultura e o esporte, de fato, são instrumentos de mudança na vida das pessoas”, valorizou Danielle.

A exposição de presépios tinha 15 peças, mas representando culturas de regiões bem distintas. Havia, por exemplo, seis brasileiros expostos, sendo dois do Rio de Janeiro, dois de São Paulo e dois de Minas Gerais. Além deles, foram levados também, por exemplo, dois da Alemanha, um da Áustria, um da Indonésia, um do Cazaquistão, um do Peru e um de Portugal. As peças fazem parte do acervo do padre José Maria Fernandes, diretor do Centro Loyola de Fé e Cultura PUC-Rio.

Programação

A programação começou com a exibição de um episódio da série “Liga do Natal”, disponível no YouTube. Em seguida, as irmãs Gabriela e Melissa Rangers, do Babilônia Circus, protagonizaram um número de contorcionismo. Depois, foi a vez do gaitista José Staneck e o pianista Léo de Freitas se apresentarem, fazendo uma homenagem ao maestro, cantor e compositor Tom Jobim, que morreu em 1994. Eles escolheram três canções do repertório de Tom para embalar a plateia: “Wave”, “O Morro Não Tem Vez” e “Garota de Ipanema”. Para encerrar, foi chamada a camerata de cordas Som + Eu.

Foi muito importante para Mesquita receber um evento como esse, porque temos a Escola de Artes da Chatuba, com turmas circenses, e oficinas ligadas à cultura que são oferecidas gratuitamente à população. Quando nossos jovens têm acesso a espetáculos com profissionais como os que estiveram aqui, eles se sentem motivados. É uma forma de mostrar para eles exatamente o que a Danielle disse: que a arte, assim como o esporte, pode transformar a vida das pessoas”, diz Kleber Rodrigues, subsecretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo de Mesquita.

Segurança

Em função da pandemia do novo coronavírus, as cadeiras foram posicionadas para garantir o distanciamento entre os presentes. Além disso, a equipe da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio distribuiu um kit às pessoas que estiverem no evento. Nele, havia um álcool em gel, máscara reutilizável, sabonete, pasta de dente e escova de dente, além de um livro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito