Nadal atropela fã e estreia com vitória no Masters de Madri

Uma das promessas do tênis espanhol, Carlos Alcaraz (120º) realizou seu sonho de menino. No dia de seu aniversário de 18 anos, ele enfrentou seu maior ídolo no tênis: Rafael Nadal. Porém, o presente não foi dos mais desejados. Sobrando em quadra e dominando do início ao fim, o “Toro Miúra” venceu por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/2, em 1h17 de partida, na estreia no Masters 1000 de Madri.

Embalado pelo título do ATP 500 de Barcelona, mesmo sem jogar em seu melhor nível, Nadal mostrou que vem com tudo para buscar seu sexto troféu em Madri – foi campeão em 2005, 2010, 2013, 2014 e 2017. Entre os principais torneios da temporada de saibro, esse é o que o espanhol não conquista há mais tempo.

Nadal começa muito bem sua caminhada em Madri — Foto: Gonzalo Arroyo Moreno / Getty Images

O primeiro set de Nadal foi impecável, uma amostra da magia do “Rei do saibro” jogando na terra batida. Depois de enfrentar um break point no primeiro game, o espanhol atropelou. Perdendo apenas quatro pontos com seu saque, obtendo duas quebras de serviço e alternando bolas fundas e winners de forehand, o cabeça de chave número um abriu 5/0 rapidamente. Alcaraz, que chegou a receber atendimento depois de se esticar em um ponto, chegou a fazer um game, mas nem esboçou reação. Sem dificuldades, o “Toro Miúra” fechou em 6/1.

O domínio do pentacampeão seguiu na segunda parcial. Enquanto seu adversário não encontrava armas para mudar os rumos do jogo e acabava cometendo muitos erros não forçados, Nadal continuava sólido, com muita confiança na linha de base e aproveitando as brechas que apareciam. Após fazer 3/0 o espanhol chegou a levar um susto ao ser quebrado, mas retomou o controle e, com jogadas espetaculares, voltou a abrir vantagem. Sacando para o jogo, não deu chances ao jovem espanhol e decretou a vitória por 6/2 com um smash após uma bela troca.

Ídolo e fã: Nadal e Alcaraz se cumprimentam após a partida — Foto: Gonzalo Arroyo Moreno / Getty Images

Após o término do jogo, Alcaraz foi presenteado pela organização com um bolo em comemoração ao seu aniversário, e ainda posou com seu ídolo para celebrar a data. Nas oitavas de final, Rafael Nadal, que é o principal favorito ao título, vai enfrentar o australiano Alexei Popyrin (76º), que triunfou diante do italiano Jannik Sinner (18º) em sets diretos, parciais de 7/6 (5) e 6/2.

Medvedev e Zverev avançam

Cabeça de chave número 2 do torneio, Daniil Medvedev (3º) estreou com vitória no saibro. O russo, que vive uma relação de amor e ódio com o piso, saiu atrás, reclamou bastante, mas se recuperou e bateu de virada o espanhol Alejandro Davidovich Fokina (49º) por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/4 e 6/2, em 2h12 de partida. Nas oitavas, seu adversário será o chileno Cristian Garin (25º), que despachou o alemão Dominik Koepfer (53º) em sets diretos, parciais de 6/3 e 6/4.

Medvedev estreia com vitória em Madri — Foto: Clive Brunskill / Getty Images

Outro favorito que começou bem sua caminhada em Madri foi Alexander Zverev (6º). Campeão em 2018, o alemão jogou um ótimo tênis e passou pelo japonês Kei Nishikori (43º), finalista em 2014, por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/2, em 1h14 de duelo. Garantido nas oitavas de final, Sascha vai encarar o britânico Daniel Evans (26º), que venceu de virada o australiano John Millman (42º), parciais de 6/7 (5), 6/2 e 6/3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: