21 de julho de 2024

TV Prefeito

Portal de notícias dos municípios com videos e entrevistas. Cobertura diária das cidades das regiões: Metropolitana, Serrana, Lagos, Norte, Noroeste, Médio Paraíba e Centro Sul do estado do Rio de Janeiro. O melhor da notícia está aqui.

Municípios da Baixada Fluminense registraram cerca de 2,5 mil novos empregos em novembro, aponta Firjan 

Nova Iguaçu se destaca no ranking estadual, ficando entre as cidades que mais contrataram no período 

No mês de novembro, os municípios da Baixada Fluminense geraram cerca de 2,5 mil empregos formais. De acordo com a Firjan, por meio da análise da plataforma Retratos Regionais, de janeiro a novembro, as 14 cidades da região somaram 28.171 novos postos de trabalho, o que representa um valor 30,5% maior que o mesmo recorte de 2022. A cidade de Nova Iguaçu, que gerou 635 vagas, se destacou na quinta posição no ranking estadual e Magé, com a criação de 502 postos de trabalho, ficou em décimo lugar,  entre as cidades que mais ofertaram oportunidades no período. 

“Percebemos uma constância na oferta de empregos pelas regiões da Baixada Fluminense e o movimento do fim do ano deu forte contribuição. A região mostra o seu potencial ao apresentar crescimento ante o ano anterior”, destacou o presidente da Firjan Nova Iguaçu e Região, Carlos Erane de Aguiar.

A análise por grande setor mostra que o resultado positivo foi puxado pelo Comércio, que concentrou a maior parte das novas vagas do período (+2.103) para o segmento varejista, impulsionado pelas contratações de fim de ano. No setor de Serviços (+552) houve oportunidades para as atividades de Serviços Combinados de Escritório e Apoio Administrativo, Limpeza e Administração Pública. No período não houve oportunidades para a Agropecuária e a Indústria e Construção ficou com saldo negativo (-161).

No acumulado do ano, a maior parte dos municípios da Baixada Fluminense teve saldo positivo na geração de empregos. Na análise global, de janeiro a novembro, Magé se destaca com a oferta de 9.178 novas vagas, seguido de Duque de Caxias (+4.838), Nova Iguaçu (+3.834), São João de Meriti (+3.606), Seropédica (+2.714), Itaguaí (+1.965), Japeri (+490), Belford Roxo (+470), Paracambi (+391), Mesquita (+388), Guapimirim (+360) e Mangaratiba (+49). O saldo negativo no ano foi registado em Queimados (-39) e Nilópolis (-73).  

Mercado de trabalho fluminense teve seu melhor desempenho do ano

O bom desempenho no mercado formal de emprego foi verificado em todo o estado do Rio. Com o resultado do penúltimo mês do ano, que teve 23.514 novas vagas. No acumulado, as cidades fluminenses criaram de janeiro a novembro de 2023, 165.701 postos de trabalho. Desse total, 102.332 foram para o setor de Serviços, enquanto o setor Industrial registrou 45.062 novas vagas com carteira assinada, seguidos pelo Comércio (+18.074) e pela Agropecuária (+237). 

Na análise estadual em novembro, o setor do Comércio também liderou o saldo de empregos (+10.522), impulsionado pelas contratações para o fim de ano. A maior parte foi para a atuação em lojas de Vestuário e Acessórios (+3.244), Hipermercados e Supermercados (+1.741) e de Calçados e Artigos de Viagem (+1.635). 

Na sequência, com 10.338 novas vagas formais, está o setor de Serviços, com destaque para a atividade de Seleção, Agenciamento e Locação de Mão de Obra. Este segmento, que abrange empresas que fazem a intermediação entre empresas e empregados, atendeu à demanda sazonal do fim de ano. Com 3 mil novas contratações, o setor Industrial Fluminense, que contempla as indústrias de Transformação, Extrativa, Construção e os Serviços Industriais de Utilidade Pública, liderou a geração de empregos industriais no país. 

No estado, maior parte dos municípios tiveram saldo positivo 

Regionalmente, 61 dos 92 municípios fluminenses apresentaram saldo positivo em novembro. A cidade do Rio de Janeiro (+14.040), Niterói (+1.199) e Volta Redonda (+1.168) encabeçaram a lista de contratantes no mês. 

Na análise por porte das empresas, as micro e pequenas empresas responderam por 15.867 novas vagas, também o melhor desempenho do ano. Já as médias e grandes empresas foram responsáveis por 7.647 novos contratos de trabalho. 

Plataforma Retratos Regionais 

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). No painel setorial estão dados específicos dos setores industriais. 

Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada por meio do link: https://bit.ly/2WunK6l

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *