Município do Rio terá corte de 30% em gratificações e cargos comissionados

Um grupo de trabalho dentro da nova administração municipal do prefeito Eduardo Paes, em até 90 dias, deve elaborar um projeto de lei para um Plano de Recuperação Fiscal do município, com medidas permanentes e emergenciais de controle das despesas e de reequilíbrio fiscal.

Entre os decretos publicados ontem que tratam de reduzir os custos que pesam nos cofres públicos cariocas, um deles estabelece redução de pelo menos 30% dos gastos com cargos em comissão, funções gratificadas e funções e empregos de confiança, e outro determina uma tesourada que deve atingir 50% dos pagamentos mensais de gratificações a título de encargos especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: