MS pede 176 mil doses extras da Janssen para combater colapso na saúde

O Governo de Mato Grosso do Sul pediu ao Ministério da Saúde 176 mil doses da vacina Janssen além das 38.400 mil que já serão repassadas ao Estado. O objetivo é combater o colapso no sistema de saúde local devido à intensificação de casos e mortes por covid-19.

A secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul informou  que o pedido foi apresentado em 11 de junho. O governo federal não deu projeção de quando responderá a demanda.

O Estado também solicita, desde 29 de março, que o Ministério da Saúde aumente em 30% o quantitativo de doses destinados a cada uma das 13 cidades que fazem fronteira com Paraguai ou Chile. É a estimativa de brasileiros de dupla nacionalidade que não foram contabilizados no senso.

COVID-19 NO MATO GROSSO DO SUL

Até essa 2ª feira (14.jun), 34 pacientes precisaram ser transferidos para outros Estados. Apenas um obteve alta e 4 morreram. Boletim do Estado, também de 2ª feira (14.jun), aponta que pelo menos 200 pessoas estão na fila por um leito de covid. Na capital Campo Grande, são 97.

O documento também aponta que a maior incidência de casos de covid está na faixa etária de 30 a 39 anos. A  secretária adjunta da Secretaria Estadual de Saúde, Christine Maymome, pediu à população que respeite as medidas restritivas. “Estamos enfrentando uma variante que é 2,4 mais transmissível do que as anteriores. Precisamos restringir a mobilidade para que possamos frear o alto número de infecções, hospitalizações e óbitos”, afirmou Maymome.

Os dados mais recentes do Ministério da Saúde indicam que 7.517 pessoas morreram de covid-19 no Mato Grosso do Sul. O Estado tem 314,4 mil casos confirmados. A 1ª dose chegou a 35,8% da população sul-mato-grossense.

ATRASO DE DOSES

As vacinas para o estudo seriam de um lote antecipado de 3 milhões de doses da vacina da Janssen. A remessa chegaria nesta 3ª feira (15.jun). Mas o laboratório, sem explicar o motivou, cancelou a entrega na véspera do envio.

Não há uma nova data estabelecida para a remessa. O Ministério da Saúde informou que aguarda a confirmação pela Janssen, mas “a expectativa é de que as doses cheguem ainda esta semana ao país em três remessas”.

Na 4ª feira passada (10.jun.2021), a agência reguladora de medicamentos nos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) aprovou a prorrogação do prazo de validade da vacina de 3 para 4,5 meses. A validade do imunizante de dose única expiraria em 27 de junho. Agora, ele deve valer até 8 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: