fbpx

MPF devolve inquérito sobre Joice Hasselmann à Polícia Legislativa

O MPF (Ministério Público Federal) devolveu ao Departamento de Polícia Legislativa da Câmara (Depol) o inquérito sobre as agressões sofridas pela deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP). Os autos haviam sido remetidos à Procuradoria nesta 3ª feira (27.jul.2021).

Ao devolver o caso, o MPF pediu a conclusão dos laudos periciais conduzidos pela Polícia Legislativa.

Mais cedo, o Depol informou em nota que realizou perícia em 16 câmaras do apartamento funcional ocupado por Joice, em Brasília. A Polícia também disse que ouviu os funcionários que trabalham no local.

Joice Hasselmann disse que foi agredida na madrugada de domingo (18.jul), mas não se recorda do que aconteceu. A deputada afirmou ter acordado com lesões pelo corpo e sobre uma poça de sangue. A segurança da parlamentar foi reforçada após o episódio.

Peritos da Polícia Civil estiveram no apartamento por cerca de 4 horas nesta 3ª feira (27.jul). Deixaram o local sem dar detalhes sobre as investigações, mas foi possível identificar o recolhimento de roupas de cama e uso de luminol, substância usada para identificar manchas de sangue em locais que foram limpos.

Em seu perfil no Twitter, Joice disse que os agentes atestaram que não há câmeras nas escadas e entradas dos apartamentos. Sobre a não identificação de suspeitos, a deputada disse que “ninguém entraria na casa de uma parlamentar para agredi-la dando ‘tchauzinho’ para a câmera do térreo ou do elevador”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: