MP pede ao TCU para apurar férias de Bolsonaro

O presidente tirou férias entre 18 de dezembro e 5 de janeiro e passeou pelas regiões litorâneas de São Paulo e Santa Catarina. Com o descanso de Bolsonaro, o governo gastou R$ 2,357 milhões. Ou R$ 124 mil por dia.

Para o subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, que assina o pedido, é necessário avaliar “a pertinência e a oportunidade desses gastos, considerando o momento atual, em que o País enfrenta uma das mais críticas crises de sua história, seja sob o aspecto econômico-financeiro, seja sob o aspecto sanitário-social”.

Jair Bolsonaro em Santa Catarina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: