fbpx

MP e Polícia Civil fazem operação contra traficantes de Duque de Caxias

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO), em conjunto com a Polícia Civil, através da 62ª DP (Imbariê), realizam nesta sexta-feira (29), a nova fase da operação “Domínio Final” nas comunidades Parada Angélica e Vila Sapê, no distrito de Imbariê, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O objetivo é cumprir 14 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão contra integrantes da maior facção de tráfico de drogas do Estado e que atua nestas localidades. As investigações identificaram criminosos, bem como possíveis locais de refúgio e imóveis que o grupo usava para esconder drogas.

De acordo com a denúncia, eles atuavam nestas localidades, ramificando e trabalhando em conjunto para aumentar o alcance do tráfico. A associação atuava fortemente armada intimidando moradores.

Na comunidade Rodrigues Alves, quem comandava era Paulo Cesar Souza dos Santos, conhecido como “Paulo Muleta”. Ele chefiava o esquema mesmo preso. Já em Santa Lúcia, quem estava a frente era Princer de Oliveira da Costa, o “Piu”, e Bruno Guimarães Marinho, o “2K”.

Também foram denunciados os chamados “soldados”, que tinham uma posição mais aquém dos demais, porém ajudavam na distribuição dos entorpecentes. Todos eles responderão na Justiça pelo crime de associação para o tráfico de drogas. A denúncia foi recebida pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Duque de Caxias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: