fbpx

Morre de Covid-19 ex-ministro venezuelano que estava preso

O ex-ministro da Defesa da Venezuela e general aposentado Raul Baduel, considerado prisioneiro político pela oposição, morreu após contrair o coronavírus, disse o procurador-geral do país na terça-feira (12).

Baduel foi preso em 2009 por acusações de corrupção após desentendimento com o Partido Socialista, acabou sendo colocado em prisão domiciliar e, em seguida, foi preso novamente em 2017 por suposta conspiração contra Nicolás Maduro.

“Lamentamos a morte de Raul Isaias Baduel por insuficiência cardíaca-respiratória, resultado da Covid-19, embora ele estivesse recebendo os cuidados médicos correspondentes e tivesse recebido a primeira dose da vacina”, disse o procurador-geral Tarek Saab em uma postagem no Twitter.

Saab não especificou se Baduel estava hospitalizado ou na prisão quando morreu. Ele havia sido detido em um local da polícia de inteligência de Sebin.

Grupos de direitos humanos culparam o governo por sua morte.

“Com a morte de Raul Isaias Baduel, dez presos políticos morreram sob custódia”, disse o ativista Gonzalo Himiob no Twitter. “A responsabilidade pela vida e saúde de qualquer prisioneiro recai sobre o estado”.

No ano passado, a filha de Baduel disse à Reuters que ele ainda não havia sido julgado pela segunda parcela das acusações contra ele, e que seus advogados não conseguiram acessar o arquivo do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: