Ministério anuncia chegada de 4 milhões de doses do Covax neste fim de semana

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou a chegada de 4 milhões de doses de vacinas da AstraZeneca, vindas do Covax Facility, consórcio da Organização Mundial da Saúde, ao Brasil neste fim de semana.

Em coletiva de imprensa, realizada nesta sexta-feira, 30, Queiroga informou que 220 mil doses chegarão amanhã (1º) e as 3,8 milhões restantes no domingo, 2, em dois voos, sendo o primeiro com 1,7 milhão de doses e o segundo com 2,1 milhões.

A Covax Facility é aliança global com mais de 150 países, coliderada pela Organização Mundial de Saúde e criada para impulsionar o desenvolvimento e a distribuição das vacinas contra a Covid.

“Temos um recorde de recebimento de vacinas neste final de semana, são 17 milhões de doses em um intervalo de seis dias”, disse o ministro da Saúde. No dia 28 de abril, foram 5,1 milhões de doses da AstraZeneca, no dia 29, 1 milhão da Pfizer e nesta sexta-feira (30), 6,5 milhões da AstraZeneca e 420 mil do Butantan. No fim de semana, são mais 4 milhões de doses do imunizante que chegam ao Brasil.

Vacina da Pfizer

A pasta também informou que o lote de 1 milhão de doses da vacina Pfizer começa a ser distribuído na próxima segunda, 3. A previsão dada, na última semana, pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde era de que os imunizantes contra a Covid-19 seriam distribuídos ainda nesta sexta-feira.

A vacina da Pfizer já tem registro para uso definitivo aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e pode ser aplicada em pessoas a partir dos 16 anos de idade. A administração do imunizante deve ser realizada em duas doses, com 21 dias de intervalo entre elas.As 27 capitais do Brasil vão receber a remessa anunciada. De acordo com o Ministério da Saúde, a distribuição será “proporcional e igualitária”.

Medicamentos

O Ministério da Saúde destacou a compra de quase 7 milhões de medicamentos para que o procedimento de intubação, necessário em casos graves de Covid-19. “Em função das diminuições de novos casos e das ações do Ministério da Saúde, há uma maior tranquilidade em relação a esses insumos do kit intubação”, disse Queiroga.

O assessor executivo da pasta, Rodrigo Cruz, disse que o anúncio oficial da compra deve ocorrer na próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: