Michel Araújo dá “até logo” ao Fluminense: “Sinto que vou voltar ano que vem para continuar no Fluzão”

Após realizar seu último treino no Fluminense e de se despedir de jogadores e funcionários no domingo passado, Michel Araújo viajou para passar férias no Uruguai e depois se apresentar ao Al Wasl, dos Emirados Árabes. Antes, porém, em entrevista ao site oficial do Tricolor, ele deixou um agradecimento ao clube e um recado para a torcida, revelando que quer voltar em 2022:

– Foi uma temporada muito positiva, em que consegui jogar quase todos os jogos e a maioria deles como titular no Brasileiro, que é o campeonato mais importante do país. Eu senti muita confiança durante esse tempo. Também me senti muito identificado com o Fluminense, com a forma de jogar da equipe e o carinho da torcida. Agradeço sempre esse carinho. Sinto gratidão e que vou voltar no ano que vem para continuar jogando no Fluzão. Vou sempre ser um torcedor do Fluminense. Acho que vai ser um ano muito bom para mim também. Para conseguir jogar lá e voltar no ano que vem melhor, mais forte e com mais dinâmica.

Michel Araújo ainda tem contrato com o Fluminense até 2023 — Foto: Mailson Santana / Fluminense FC

O Flu receberá US$ 500 mil dólares (R$ 2,8 milhões) pelo empréstimo de um ano. Foi acordada uma opção de compra fixada em US$ 3 milhões de dólares (R$ 16,8 milhões) ao fim do período.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Nos Emirados Árabes, Michel reencontrará o técnico Odair Hellmann, com quem trabalhou em 2020 e foi quem pediu sua contratação aos árabes. Como a janela de transferências internacionais do país só abre no meio do ano, o meia uruguaio de 24 anos vinha mantendo a forma no Fluminense, mas agora já vai planejar a viagem a organizar a mudança com a esposa e o filho que moram com ele no Rio.

André se despediu de Michel Araújo no treino do último domingo — Foto: Reprodução / Instagram

Comprado junto ao Racing, do Uruguai, no início de 2020, Michel Araújo tem contrato com o Fluminense até o fim de 2023. Na ocasião, o clube pagou R$ 3 milhões por 50% dos direitos econômicos do jogador. Pelo Tricolor, o meia disputou 45 jogos, marcou dois gols e deu uma assistência. Desde a chegada de Roger Machado, perdeu espaço e sequer foi inscrito na Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: