MetrôRio, em parceria com a Energy2Go, oferece serviço de recarga de bateria para smartphones

O MetrôRio tem uma novidade para seus clientes não ficarem sem bateria no sistema metroviário. Os usuários que embarcarem em cinco estações da concessionária poderão aproveitar o deslocamento para recarregar a bateria do celular, com praticidade e comodidade. A novidade é resultado de uma parceria com a Energ2Go, startup especializada na tecnologia de aluguel de power bank (carregadores portáteis). Os totens com os equipamentos foram instalados nas estações General Osório/Ipanema, Siqueira Campos/Copacabana, Botafogo, Cinelândia/Centro e Cardeal Arcoverde/Copacabana.

 

Para utilizar o serviço, basta o cliente ler o QR Code no terminal em uma das cinco estações ou acessar o site Link ou baixar o aplicativo da Energy2Go disponível na App Store e no Google Play. É necessário realizar um simples cadastro. Cada terminal automatizado tem nove carregadores portáteis, com entrada para todos os tipos de aparelhos (USB-C, micro USB ou Apple Lightning).

 

É possível devolver o carregador em qualquer unidade da Energy2Go, seja nas estações do MetrôRio ou em outros pontos sinalizados no mapa do app. Ele será cobrado pelo tempo de permanência com o carregador portátil. Nas cinco estações do sistema, o serviço custa, atualmente, R$14,90 pelas primeiras 4h de permanência e, a partir desse período, será cobrado R$24,90 a cada dia.

 

“Com o aluguel dos power banks, ficar sem bateria no sistema metroviário não é mais um problema para os clientes do MetrôRio. Eles terão mais facilidade para carregar os celulares no sistema e comodidade para a sua utilização. A ideia é tornar mais fácil a troca de mensagens, fazer as ligações, navegar nas redes sociais e realizar pagamento por meio do NFC”, destaca Daniele Carneiro, gerente Comercial do MetrôRio.

 

A Energy2Go é uma startup brasileira especializada em soluções de carregamento portátil para celulares e de outros dispositivos móveis, com 5 anos de experiência no mercado de inovação e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *