Mesquita apresenta queda em número de delitos

Um mês após uma série de mudanças realizadas na Subsecretaria Municipal de Segurança, Ordem Pública e Cidadania de Mesquita, a cidade se mostra mais segura. Pelo menos é o que apontam dados do ISPGeo, um sistema de georreferenciamneto alimentado pelo Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP). Segundo o relatório, houve queda no índice de delitos, considerando roubos feitos a transeuntes, roubo de veículos e roubo de carga.

“Os dados do ISPGeo são alimentados com informações das Polícias Civil e Militar. Ou seja, estamos sendo reconhecidos, mais uma vez, por grandes instituições. Os que quiserem confirmar, podem olhar o site do Instituto de Segurança Pública e estamos avançando nesse sentido”, explica o subsecretário de segurança, Wagner Ladislau.

Para isso, foram comparados os delitos registrados entre os dias 6 de junho e 11 de julho, nos anos de 2020 e 2021. O roubo a transeuntes, por exemplo, caiu em 24,3% no período avaliado, na comparação entre 2021 e o ano passado. O mesmo aconteceu com os roubos de veículos e de carga, cada um com redução de 8,4% e 50%, respectivamente. Além disso, foram consideradas também ocorrências de lesão corporal dolosa, estas apresentaram a queda considerável de 43,7%.

Para o diretor de Inteligência da Guarda Civil Municipal de Mesquita, Kleildo Nascimento, algumas alterações promovidas na rotina da equipe favoreceram essas números e, com isso, o aumento da sensação de segurança da população. “Traçamos uma estratégia operacional, que cobriu desde as rotas realizadas pelo PROEIS à intensificação do patrulhamento realizado pelos agentes da Guarda Municipal”, explica.

Com o Programa Estadual de Integração na Segurança, Mesquita conta com a atuação de 32 policiais militares que, em seus horários de folga, reforçam a equipe de segurança do município. Eles trabalham em conjunto com a Guarda Municipal de Mesquita, que conta com 87 agentes ativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: