Melhor em Casa de São Pedro da Aldeia ministra 1º Fórum de Debates regional do programa

Ação promoveu integração com a recém equipe implantada pelo programa em Cabo Frio  

A equipe do Melhor em Casa de São Pedro da Aldeia ministrou o 1º Fórum de Debates regional sobre as estratégias do programa. A ação aconteceu em Cabo Frio, que implantou a iniciativa recentemente, com o objetivo de implementar e qualificar os profissionais. O encontro entre as equipes apresentou as premissas de atendimento, os fluxos de captação de pacientes, além de debater o perfil dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) elegíveis a serem admitidos pelo serviço.  

A equipe aldeense foi escolhida para apresentação das estratégias por ser referência técnica para a região. Na ocasião, os profissionais que atuarão no município vizinho tiveram a possibilidade de entender um pouco mais da atuação das Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD) e a Equipe Multidisciplinar de apoio (EMAP), além da integração da Rede de Assistência à Saúde dentro das cidades e a necessidade de comunicação entre os diversos dispositivos de apoio ao usuário do SUS.  

O diretor do Atendimento Domiciliar de São Pedro da Aldeia, Junior Curcino, comentou a necessidade de unir forças entre os municípios. “No âmbito do SUS, o Programa Melhor em Casa tem o mesmo modelo em nível nacional, regido pela portaria ministerial. O importante é somarmos forças, unir e compartilhar conhecimentos, para que o foco seja um melhor atendimento aos pacientes e usuários do SUS. O atendimento humanizado e com excelência é a nossa marca. Desejamos um SUS mais humanizado”, disse.  

O coordenador geral de Atenção Domiciliar de Cabo Frio, Jay Brasileiro, agradeceu o apoio da equipe de São Pedro da Aldeia na implementação do programa e treinamento das equipes. “Temos certeza que a região só tem a ganhar com um atendimento de qualidade e muito mais humanizado”, ressaltou.  

Melhor em Casa  

O programa federal Melhor em Casa realiza o tratamento domiciliar de pacientes com quadros agudos ou com necessidades especiais, por meio de acompanhamento diário de uma equipe multiprofissional na casa do assistido.  

O serviço promove a desospitalização, que é a assistência dada por profissionais da Saúde fora do ambiente hospitalar, proporcionando atendimento mais humanizado aos pacientes. Durante as visitas domiciliares, os profissionais do programa também identificam, orientam e capacitam um ou mais cuidadores do usuário, estimulando a participação ativa dos familiares no processo do cuidado e a ampliação da autonomia da família.  

Em 2020, o programa Melhor em Casa de São Pedro da Aldeia recebeu o reconhecimento nacional do Ministério da Saúde e do Hospital Alemão Oswaldo Cruz como uma das melhores equipes de todo o país. A avaliação foi realizada a partir de três ações: a implantação de ventilação mecânica invasiva, articulação com a rede primária e capacitação das unidades de saúde e telemonitoramento e videoconsultas. Além das temáticas específicas, todo o trabalho desenvolvido na Atenção Domiciliar foi avaliado.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: