Mbappé faz esquecer Neymar e enterra Barcelona em sua maior crise em trinta anos

O Barcelona já levou 8 x 2 do Bayern nas quartas-de-final da Champions League da temporada passada, apanhou de 2 x 0 do Sevilla na semifinal da Copa do Rey e segue sua crise com um vexame e goleada de 4 x 1 para o Paris Saint-Germain dentro do Camp Nou.

Sem Neymar.

Mbappé destruiu, fez três gols e, mais incrível, o PSG construiu a goleada histórica de virada, depois de um pênalti mal marcado a favor do Barcelona. Com todo o respeito ao árbitro holandês Bjorn Kuipers, o seu compatriota Frenkie De Jong pareceu tropeçar e cair dentro da área.

É justo dizer que o lance foi duvidoso.

Mas o Paris Saint-Germain, dirigido por Mauricio Pocchettino, ex-jogador e ex-treinador do Espanyol, fez o Barça se parecer com seu pequeno rival catalão.

O PSG marcou num 4–1-4-1, com a linha de meio-de-campo se juntando com Moise Kean, Gana Gueye, Paredes, Verratti e Mbappé, só Icardi no ataque.

Quer dizer, o desenho tático era este, mas Mbappé aparecia por todos os cantos do ataque, por todos os setores da defesa do Barcelona.

Avaliado como o jogador mais caro do mundo, Mbappé bate um papo descontraído e diz que CR7 é melhor que Messi

O Paris Saint-Germain não sabe se terá Neymar no jogo de volta, mas pode conseguir a classificação para as quartas-de-final, independentemente de sua presença. Mbappé comportou-se como craque do time, chamou tudo para seu pé, decidiu.

O Barcelona vive sua maior crise em trinta anos, desde o risco de demissão de Johan Cruyff em 1990, antes de ganhar a Copa do Rey.

A crise do Barça não é técnica. É institucional. É preciso refazer todos os pactos do clube, inclusive no vestiário.

Resultado de imagem para mbappe faz 3 gols no barcelona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: