fbpx

Maricá recebe nova remessa de vacinas contra a Covid- 19

A Prefeitura de Maricá recebeu, neste sábado, 24/04, uma nova remessa de doses da vacina contra a COVID-19. Ao todo, o município recebeu 4.750 doses. Desse número, 4.190 são do imunizante da Astrazeneca e 560 são da Coronavac.  Com as chegadas das doses, a vacinação no município será retomada na próxima segunda-feira, 26/04.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foi feita uma divisão para a aplicação das vacinas. As 4.190 doses da Astrazeneca serão aplicadas em D1 (dose um) para idosos de 60 a 64 anos. As 560 doses da Coronavac serão aplicadas também como segunda dose, 70 em agentes das Forças de Segurança e 490 em idosos de 65 a 69 anos.

Para a primeira dose, o calendário será retomado a partir dos 61 anos ou mais na segunda-feira, 26/04, e 60 anos na terça-feira, 27/04, das 09h às 16h, nas Unidades Volantes de Vacinação (UVV) do Aeroporto, em Araçatiba,  e no Centro Administrativo da Prefeitura, em Itaipuaçu,  e em todos os Polos de vacinação da Estratégia de Saúde da Família (ESF), Unidade de Saúde da Família (USF) Central, São José 2, Marinelândia, Barra, Chácara de Inoã, Inoã 2 e Jardim Atlântico. A continuidade da vacinação dos próximos grupos: Comorbidades em idades decrescentes a partir de 59 anos e grupos profissionais prioritários depende da remessa de novas doses a eles destinadas.

“O quantitativo de segunda doses está abaixo da população vacinada com a primeira dose, não sendo suficiente para a finalização da vacinação. Essas doses serão destinadas a idosos que receberam a primeira dose há 3 semanas ou mais (21 a 28 dias) e serão aplicadas na segunda-feira, 26/04, das 09 às 16h, exclusivamente nas UVVs Aeroporto, Subprefeitura e Polos de Vacinação USF Jardim Atlântico e Polo de Vacinação USF Central, ao lado do Posto de Saúde Central. Os acamados receberão em domicílio. Lembrando que não receberão a segunda dose, nesta data, aqueles que ainda não tiverem pelo menos 21 dias da aplicação da primeira dose”, explicou a subsecretária de Saúde, Solange Oliveira.

O intervalo de doses do imunizante da Coronavac é de 2 a 4 semanas ( 14 a 28 dias) e da Astrazeneca é de 8 a 12 semanas (56 a 84 dias).

Desde janeiro deste ano a Prefeitura já aplicou mais de 38 mil doses de vacinas contra a COVID-19 em grupos prioritários no município, marco que foi alcançado mesmo recebendo menos do que o necessário.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a expectativa do recebimento das doses suficientes, tanto para primeira dose, quanto para segunda, não se concretizou. O quantitativo de doses enviadas do Ministério da Saúde ao município foi irregular e insuficiente durante o mês de abril, um problema que atinge vários municípios do Estado do Rio de Janeiro.

A situação se agrava por conta, principalmente, do dimensionamento incorreto feito pelo Ministério da Saúde da população de Maricá. Ocorre que a população cadastrada, principalmente de idosos, cresceu 61% em Maricá, no último ano (de 18.000 para 29.000), desde a campanha contra a Influenza, em 2020. O problema tem reflexo direto no momento da distribuição das doses para a cidade, que fica extremamente prejudicada em relação ao número ideal que necessita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: