Maricá e Universidade Rural assinam convênio para atividades científicas de agroecologia

A Prefeitura de Maricá, através da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e da secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca em parceria com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) assinaram o convênio Maricá Inova Agroecologia nesta terça-feira (06/07), na fazenda pública Joaquim Piñero, no Espraiado. O programa prevê a institucionalização de atividades científicas e tecnológicas para o desenvolvimento da agroecologia na cidade.

A iniciativa prevê a implantação de um centro tecnológico visando fomentar atividades científicas para o desenvolvimento agroecológico no município. A implantação de um horto de biodiversidade até a preparação de estudantes na produção agroecológica estão entre as atividades previstas.

O Maricá Inova Agroecologia contará com aproximadamente 90 profissionais, entre professores, alunos bolsistas, estagiários, além de técnicos.

“O nosso objetivo aqui é trabalhar a produção de sementes, difusão da biodiversidade, a questão da formatação dos alimentos orgânicos, no objetivo de aproximar acima de tudo das nossas crianças da rede municipal com a pesquisa acadêmica e a difusão desse saber. A Codemar modelou esse projeto com o auxílio da secretaria de agricultura e com o Instituto de Ciência  Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTiM) e hoje assinamos com o reitor da Universidade Federal Rural, o convênio que visa acima de tudo trazer para maricá as universidades públicas conveniadas com saberes acadêmicos na cidade”, afirmou o prefeito Fabiano Horta.

“A assinatura deste convênio é fundamental para que possamos alavancar o nosso projeto de agroecologia. Maricá é uma cidade que está iniciando a produção sem uso de agrotóxico. Estamos produzindo há quatro anos na horta agroecológica do Manu Manuela e na antiga fazenda Ibiaci, agora com este programa com a Universidade Rural, vamos alavancar a agroecologia para que possamos ter produtos livres de agrotóxico na mesa do maricaense, do carioca como um todo e do povo fluminense”, concluiu o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Julio Carolino. 

Segundo o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), Olavo Noleto, o acordo prevê uma parceria com a universidade na produção de conhecimento científico.

“Esse é um embrião de um projeto de uma estratégia que nós chamamos de arranjo produtivo local agroalimentar e agroecológico, tudo isso apoiando nosso produtor local. É um trabalho conjunto com a Universidade Federal Rural apoiando todos os trabalhos que se somam aos que já temos com a Universidade Federal Fluminense A Prefeitura está integrada em torno desses projetos”, disse Noleto.

O reitor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Roberto Rodrigues, destacou a importância do convênio para a população do município.  “Maricá tem um projeto de desenvolver a ciência e que ela chegue a seus moradores, então, para a universidade, isso completa a nossa necessidade que é a pesquisa, ensino e extensão. Logo, essa parceria nos ajuda a fortalecer e ampliar nossas possibilidades de desenvolvimento, crescimento da ciência, e principalmente, desenvolvimento junto com as comunidades locais”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: