fbpx

Mais um vereador é assassinado na Baixada: Quinzé, de Caxias, foi morto a tiros

Quinzé é o segundo vereador eleito morto em menos de um ano na cidade da Baixada Fluminense

O vereador do município de Duque de Caxias Joaquim Jose Quinze Santos Alexandre, mais conhecido como Quinzé, foi morto a tiros, na noite deste domingo, 12, no limite entre Caxias e São João de Meriti, na estrada conhecida como São João-Caxias. Ainda não há informações sobre a motivação do assassinato.

Depois do truculento assassinato do vereador Danilo do Mercado (MDB), morto a tiros ao lado do filho Gabriel no dia 10 de março último, mais um parlamentar de Duque de Caxias acaba de ser assassinado. Hoje à noite o também vereador Quinzé (PL) foi mais uma vítima da violência que tem dominado o cenário político daquela cidade da Baixada Fluminense.

Aos 65 anos de idade, o vereador foi executado hoje numa calçada do bairro Parque Araruama, na divisa entre Caxias e São João de Meriti. A área é do 21º BPM, que já está no local. Nas últimas eleições foi eleito o mais votado do PL para o legislativo municipal com 2.364 votos.

Ex-sargento da Polícia Militar, visto como uma espécie de “protetor da comunidade”, Quinzé chegou a ser preso e teve que disputar as eleições no cárcere. No seu terceiro mandato, era primeiro suplente e tomou posse assumindo a vaga deixada pelo vereador Chiquinho Grandão, que havia sido preso. Quinzé era tido por seus apoiadores como um líder comunitário, com base eleitoral nos bairros de Olavo Bilac, Periquito, Jardim Leal, Bananal e Gramacho, onde liderava projetos sociais.

O ex-militar foi condenado a quatro anos e seis meses por porte de arma ilegal (no caso, uma pistola HK 9mm não registrada), mas a justiça permitiu sua posse e o cumprimento do mandato em liberdade.

Quinzé deixa quatro filhos. Seu nome completo era Joaquim José Santos Alexandre. Quem assume sua vaga é o 1º suplente Elson da Batata (PL).

 Joaquim Jose Quinze Santos Alexandre, o Quinzé, foi eleito em Duque de Caxias pelo PL e obteve 2.364 votos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: