fbpx

Magé ganhará uma Vila Olímpica no antigo Grêmio Estrela de Raiz de Serra

Dia histórico. O prefeito Renato Cozzolino, e o chefe da fábrica Estrela da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) em Magé, coronel André Luiz Assis, assinaram, nesta segunda-feira (21), documento de cessão de uso do terreno do antigo clube Grêmio Estrela de Raiz de Serra do Exército para a Prefeitura. Na área de 18 mil metros quadrados, o equivalente a quase quatro campos de futebol profissional, será construída uma Vila Olímpica para prática de diversos esportes. Após a assinatura do termo, na sede da Imbel, duas máquinas da Secretaria Municipal de Infraestrutura já começaram a operar no local para limpeza do terreno.

“É um sonho sendo realizado, pois o Grêmio Estrela de Raiz da Serra é um patrimônio do município e ficou abandonado nos últimos anos. Só quem jogou bola e curtiu Carnaval no Grêmio, sabe o quanto este espaço é importante para o povo. Resgatar, portanto, esta tradição como prefeito é gratificante demais para mim. Quero agradecer ao coronel Assis e ao general Mattioli (diretor-presidente da Imbel) pela gentileza, permitindo com que, através desta parceria, o município possa construir uma vila olímpica no espaço, promover a inclusão social e fazer também com que os jovens sintam prazer de morar em Magé”, disse o prefeito Renato Cozzolino informando ainda que a expectativa é que as obras estejam concluídas em 2022.

O coronel Assis destacou a satisfação pela parceria e a importância da obra que será erguida pela Prefeitura no local.

“É com imenso prazer que assinamos este termo de cooperação e de cessão de uso para instalação da Vila Olímpica pela Prefeitura. Com certeza, será muito útil para a comunidade, tão carente neste aspecto, assim como para os nossos funcionários que também usufruirão do centro esportivo. É uma parceria vencedora”, revelou o chefe da fábrica Estrela da Imbel em Magé.

O secretário municipal de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade, Geilton Câmara, que também participou da cerimônia de assinatura do documento, adiantou alguns detalhes das instalações da Vila Olímpica.

“Vamos ter pista de atletismo, uma piscina olímpica, um campo de futebol e um ginásio/areia para prática de outras modalidades. Quero tirar as crianças das ruas num grande projeto social assim como preparar novos atletas para o esporte de alto rendimento. Numa cidade de onde saiu Mané Garrincha, temos muitos talentos em outros esportes também”, disse o secretário de Esporte.

Os moradores da região estão animados quanto à retomada das atividades no Grêmio, como a aposentada Maria Regina Viana, de 71 anos, que vive ali desde que nasceu. Ela viveu muitas histórias no local com seus irmãos e filhos.

“A gente dançava muito nos bailes, e a primeira saída de bola que Garrincha deu aqui foi comigo no colo. Me lembro até hoje. O Grêmio era a nossa única opção para brincar, se distrair. A gente espera agora que, com esta obra, a esperança crie asas para a gente realizar o sonho de ver o espaço voltar a funcionar”, disse a simpática senhora.  

As negociações para instalação da Vila Olímpica no terreno do antigo clube Grêmio Estrela de Raiz de Serra começaram há cerca de um mês, quando o prefeito Renato Cozzolino se reuniu em Brasília com o diretor-presidente da Imbel, general Aderico Mattioli.  

Fundado por operários em maio de 1954, o Grêmio Estrela de Raiz da Serra também abrigava um dos mais tradicionais times do futebol mageense. O clube entrou para história pelas suas atividades, como campeonatos de futebol e shows com grandes nomes da MPB, além de outros grandes eventos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: