Macaé: Moeda Social Macaíba completa 100 dias

A Prefeitura de Macaé, através da Coordenadoria de Economia Solidária, está comemorando 100 dias de circulação da Moeda Social Macaíba. Neste período, mais de R$ 19 milhões já foram inseridos na economia local. São mais de 1.300 estabelecimentos comerciais cadastrados e uma média diária de 3 mil compras realizadas.

O programa contempla cerca de 50 mil beneficiários, levando mais dignidade para famílias em vulnerabilidade social e a oportunidade de poder efetuar as compras nos estabelecimentos credenciados.

O Banco Macaíba é mais uma ação do Programa de Combate à Pobreza e à Desigualdade, aprovado em 2023 e implementado em quatro meses. O destaque é a economia solidária, por meio de uma moeda eletrônica local para realização de transações digitais de pagamentos e operações de crédito.

O espaço fica localizado na Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 48, no Centro, e oferece apoio para criação e troca de senha, atualização de endereço e documentos, suporte ao aplicativo entre outros serviços. O funcionamento é de segunda a sexta-feira das 9h às 16h.

A Macaíba só pode ser utilizada no comércio local de cada setor administrativo. Macaé conta com sete setores administrativos, que são formados por grupos de bairros próximos. É possível conferir a divisão dos setores administrativos, e, de acordo com o bairro, saber em qual setor a compra pode ser feita. No site da Macaíba está disponível a lista atualizada dos comércios que aceitam a moeda social e seus respectivos endereços.

Em caso de dúvidas, como a verificação de saldo ou troca de senha, o contato do suporte da empresa que administra a Macaíba via WhatsApp é: (85)3269-9617. Para outras informações, acesse moedasocial.macae.rj.gov.br

Valores dos benefícios:

* Responsável Familiar: pago para toda pessoa cadastrada como responsável familiar no CadÚnico, valor de 150 Macaíbas.

* Cônjuge: pago para toda pessoa cadastrada como cônjuge no CadÚnico, valor de 150 Macaíbas.

* Dependente: pago a até 03 dependentes inscritos no Cadúnico da família com idade de 0 a 17 anos e onze meses, valor de 75 Macaíbas.

* PCD (Pessoa Com Deficiência): pago aos dependentes (0 a 17 anos) inscritos no CadÚnico da família, matriculados na rede pública municipal de ensino, e listados no censo escolar municipal, valor adicional de 100 Macaíbas.

* O valor é repassado aos beneficiários na última semana do mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *