Macaé: Centro Pop oferece cortes de cabelo e barba a moradores de rua

O Centro Especializado para a População em Situação de Rua (Centro Pop), da Prefeitura de Macaé, está levando dignidade e aumento da autoestima às pessoas em situação de rua com ajuda de voluntários ex-alunos do curso de Barbearia do Cetep. Uma vez por semana promovem cortes de cabelo e barba de graça para elas e a demanda tem sido grande. O trabalho voluntário é feito pelos barbeiros Orlando Grijó Dantas e Marlini, que também é cabeleireira, das 8h30 às 10h30.

Esta semana a ação aconteceu nesta quarta (9). Para serem atendidos, os interessados precisam estar usando máscara para entrar no Centro Pop. A ação de cortes de cabelo e barba acontece na Sala de Convivência Ivan Lima, dentro da unidade, e só entram duas pessoas de cada vez para evitar aglomeração devido à pandemia do coronavírus (Covid-19).

“Este trabalho é fundamental para resgatar a dignidade dessas pessoas. A aparência contribui muito para melhorar as relações sociais e é importante para a volta delas ao mercado de trabalho”, disse o secretário de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade, Mauro Torres. Ele acompanhou a ação de corte de cabelo na casa, nesta quarta (9), e enfatizou que o município está providenciando os documentos dessas pessoas e estudando parcerias para oferecer cursos a fim de que consigam um emprego e saiam das ruas.

O Centro Pop também distribui café da manhã, kit lanche e almoço a 50 moradores de rua cadastrados. As quentinhas são entregues de segunda a sexta-feira e eles tomam banho, lavam as roupas e recebem o kit de higiene pessoal com sabonete, desodorante, escova e creme dentais. O governo municipal oferece, ainda, abrigo para pernoitarem na Pousada da Cidadania.

O coordenador do Centro Pop, psicólogo Vítor de Souza Teófilo, e o coordenador de Média Complexidade da Desenvolvimento Social, Jorge Luís da Silva Ramos, também participaram da ação voluntária nesta quarta. “Nosso trabalho é feito em rede, em parceria com outros órgãos do município como a Saúde Mental, Psiquiatria e o Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Cetep e outros. Existe uma equipe multidisciplinar atuante neste trabalho de cuidado em rede no município”, destacou Jorge.O Centro Pop funciona à Rua José Bruno e Azevedo, 99, ao lado do Terminal Central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: